Cidadeverde.com

Quase 60 estabelecimentos são fechados em ações de fiscalização em Floriano

Um dia movimentado para os fiscais da Vigilância Sanitária de Floriano e policiais do Terceiro Batalhão da Polícia Militar de Floriano. As ações de fiscalização, para garantir o cumprimento dos decretos Estadual e Municipal, de prevenção contra o coronavírus, chegaram a toda a cidade.

60 estabelecimentos foram inspecionados, grande parte depois de denúncias da população, através do 190 da PM, de que empresas estariam abertas e obras em execução, contrariando as regras. Entre as empresas inspecionadas estavam lojas de material de construção, oficinas mecânicas, lanchonetes, armazéns, lojas de confecções, veterinárias, depósitos de bebidas, empresas de peças para bicicleta e de peças automotivas, vendedores ambulantes de confecções, lojas de conveniência, além de padarias, 5 supermercados e 1 hotel, que receberam orientações para intensificar a higienização. Alguns desses casos foram frutos de denúncias de clientes, que reclamaram da falta de higienização em carrinhos de supermercado, máquinas de cartões e outros objetos. Uma obra, a do novo fórum de Floriano, onde estavam vários operários, foi interditada pela fiscalização. Ao todo 54 estabelecimentos foram fechados.

O trabalho segue nesta terça-feira. Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária, Jussinaldo Duarte, neste primeiro momento houve o fechamento das empresas com as devidas orientações. Se persistirem no descumprimento dos decretos, as empresas serão notificadas e podem perder sofrer as sanções do Decreto Municipal 038, que no seu Art. 6º prevê, em caso ode descumprimento, multa, interdição total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento.

Da Redação

redaçã[email protected]