Cidadeverde.com

Operação prende 11 foragidos da Justiça em Floriano e cidades vizinhas

Matéria original 

Uma operação foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (16) com objetivo de cumprir 15 mandados de prisão de foragidos da justiça em Floriano, a 244 km de Teresina, e cidades vizinhas. Batizada de 'Operação Integrada Médio Parnaíba', a ação já cumpriu sete mandados de prisão, até às  7h30.  

Os trabalhos contam com a participação da Secretaria de Segurança Pública, Secretaria de Justiça e da Delegacia de Capturas da Polícia Civil (Decap). Equipes da Polícia Militar de Floriano e policiais penais também auxiliam no cumprimento dos mandados de prisão. 

O secretário estadual de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, está em Floriano acompanhando os trabalhos e informou que os mandados buscam a prisão de condenados por crimes como estupro de vulnerável, furto, tráfico de drogas e homicídios. 

Ainda segundo Rubens Pereira, alguns dos alvos são reicidentes no mundo do crime.

O delegado Roni Silveira informou que dos alvos, seis foram pressos por estupro de vulnerável. Um deles teria participação em um estupro coletivo registrado na região de Floriano. 

 

 

Foto: Divulgação

Atualizada às 9h

O coordenador da Delegacia de Capturas da Polícia Civil, delegado Willame Moares, informou ao Cidadeverde.com que, até às 9h desta quinta-feira, 11 mandados de prisão já foram cumpridos durante os trabalhos da 'Operação Integrada Médio Parnaíba', em Floriano e Cidades Vizinhas. O delegado está na região acompanhando o trabalho dos 60 policiais que atuam no cumprimentos dos mandados de prisão. 

Dos alvos presos, pelo menos seis possuem condenação pelo crime de estupro de vulnerável. 

Foto: Divulgação

Matéria original 

Uma operação foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (16) com objetivo de cumprir 15 mandados de prisão de foragidos da justiça em Floriano, a 244 km de Teresina, e cidades vizinhas. Batizada de 'Operação Integrada Médio Parnaíba', a ação já cumpriu sete mandados de prisão, até às  7h30.  

Os trabalhos contam com a participação da Secretaria de Segurança Pública, Secretaria de Justiça e da Delegacia de Capturas da Polícia Civil (Decap). Equipes da Polícia Militar de Floriano e policiais penais também auxiliam no cumprimento dos mandados de prisão. 

O secretário estadual de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, está em Floriano acompanhando os trabalhos e informou que os mandados buscam a prisão de condenados por crimes como estupro de vulnerável, furto, tráfico de drogas e homicídios. 

Ainda segundo Rubens Pereira, alguns dos alvos são reicidentes no mundo do crime.

O delegado Roni Silveira informou que dos alvos, seis foram pressos por estupro de vulnerável. Um deles teria participação em um estupro coletivo registrado na região de Floriano. 

 

 

 


Natanael Souza
[email protected]