Cidadeverde.com

Paciente foge de hospital de Floriano após cirurgia na cabeça e família pede ajuda

Foto: Arquivo Pessoal

O pedreiro Paulo César Gomes Ribeiro, 35 anos, está desaparecido há 15 dias após fugir do Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, onde estava internado. Sem informação sobre seu paradeiro, a família que é natural de Gilbués, está desesperada e pede ajuda.

A esposa de Paulo César, Maria do Livramento, informou que ele sofreu um acidente de motocicleta no dia 28 de julho e foi transferido ao Hospital de Floriano para realizar uma cirurgia na cabeça e na clavícula.

Após a cirurgia na cabeça, Paulo César ficou bastante agitado e desorientado. A fuga da unidade de saúde ocorreu no dia 8 de agosto.

“Ele estava muito desorientado no hospital, agitado, querendo sair do hospital, depois da cirurgia ele não ficou bem. Na madrugada do dia 8 ele desapareceu do hospital e ninguém viu, ninguém do hospital deu informação de onde ele foi”, disse a esposa.  

No dia do desaparecimento, Paulo César estava acompanhado com a sua irmã. Ela informou que ele teria saído do quarto para o corredor e em seguida fugiu do local.

“Ele estava dentro do quarto, pegou um chinelo e saiu para o corredor. Ela pensava que ele estava no corredor, mas não estava. Ela correu, foi procurar ele, mas não encontrou”, acrescentou Maria do Livramento.

De acordo com a família, Paulo César fugiu do hospital vestindo apenas uma bermuda jeans. Por conta da cirurgia, ele está com parte da cabeça raspada e com a clavícula quebrada.

“Ele é moreno, alto e está bem magro e barbudo. Está com uma parte do cabelo grande e outra raspada com o lado da cirurgia da cabeça e com a clavícula quebrada”, detalhou Maria do Livramento.

Maria do Livramento disse ainda que pessoas informaram ter visto o pedreiro na localidade Taboca na semana do seu desaparecimento, mas ao chegarem ao local, a família encontrou apenas os chinelos que Paulo César usava e no momento ele também está descalço.  

Pai de dois filhos, um de 10 e outro de 14 anos, a família está desesperada e sem nenhuma informação sobre a localização de Paulo César. Moradores do município de Gilbués, Maria do Livramento informou que seu esposo não conhece Floriano e que não tem amigos ou parentes na cidade.

A esposa dele também já registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil e pede para quem tiver qualquer informação que entre em contato com os telefones (89) 99929-1886 e (89) 99932-7477 (Patrícia).

Procurado pela reportagem, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros informaram que disponibilizaram equipes para ajudar nas buscas de Paulo César e que seguem disponíveis quando surgem novas informações sobre seu paradeiro.

Até o momento, o Cidadeverde.com não conseguiu contato com a coordenação do Hospital Regional Tibério Nunes.

 

Rebeca Lima
[email protected]