Cidadeverde.com

Projeto de reforma do Mercado Central é apresentado ao prefeito Antônio Reis

O Mercado Público Central de Floriano foi construído na década de 1990, com estrutura de galpão industrial com armação metálica. Atualmente, a construção apresenta vários problemas que vão desde o teto a instalações sanitárias, elétricas e outras questões estruturais. Parte dos recursos para a reforma foi adquirida através do leilão de bens em desuso realizado pelo Município que somados a outros recursos próprios comporão o todo.

O primeiro passo para a reforma foi a análise de toda a estrutura e a elaboração de um projeto, através de uma empresa especializada. Com tudo pronto, a equipe de engenharia da empresa apresentou um resumo do projeto executivo, contendo os projetos arquitetônico, estrutural e de instalações (hidráulica, sanitária, elétrica, de combate a incêndio e pânico e sistema de proteção contra descargas atmosféricas) e o cronograma físico-financeiro, com a previsão de conclusão da obra em 10 meses. O investimento previsto chega a 7 milhões e 354 mil reais. São 4.681,36 metros quadrados de área construída e terreno com área de 5.357,45 metros quadrados. 

A estrutura comporá um memorial em homenagem aos sírio-libaneses, que deixaram seu legado no desenvolvimento comercial de Floriano, através de painéis fotográficos. Imagens históricas e pontos turísticos de Floriano também estarão à mostra, homenagem que também estará na própria fachada do prédio recomposta com portais monumentais remetendo à arquitetura árabe.

A Rua Luis Ribeiro, onde os feirantes também se instalam, será transformada em um calçadão aberto com área central destinada a feirantes e pequenos comerciantes acomodados em barracas padronizadas, com espaço, também, para apresentações culturais e musicais. Por trás do Mercado, na Rua José Guimarães, está previsto um estacionamento, com área de carga e descarga e retirada do lixo.

No andar superior será construída uma praça de alimentação com disposição de mesas como é feita em shopping centers.
“Teremos um novo mercado com estrutura moderna que se transformará, sem nenhuma dúvida, em um dos melhores pontos turísticos e de negócios da nossa cidade”, disse o prefeito Antônio Reis.

Da Redação