Cidadeverde.com

Mulher é flagrada com fumo e maconha na vagina em penitenciária de Floriano

Uma mulher de 26 anos foi flagrada nesta sexta-feira (17) com fumo e cerca de 50 gramas de maconha escondidos na vagina na Penitenciária Vereda Grande, em Floriano, a 240 quilômetros de Teresina.

Identificada como Leudimar Nogueira Viana, a mulher foi detida e levada para a Delegacia Regional de Floriano, onde foi presa em flagrante. "Ela levava para o presídio um invólucro de quase 100 gramas na vagina. Dentro de uma camisinha, havia fumo. Mais internamente, havia cerca de 50 gramas de maconha prensada e embalada em papel filme", detalhou o delegado Walter Pereira da Cunha Júnior.

Segundo apurou o Serviço de Inteligência de Vereda Grande, Leudimar levaria a droga para o detento Wedson Celestino de Jesus. "Era a segunda vez que ela levava entorpecente para dentro do presídio. Por isso, já vinha sendo monitorada. Ela era uma falsa convivente. Era contratada para realizar o transporte da droga", comentou Walter Júnior.

Desconfiados, agentes penitenciários conduziram Leudimar para o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, onde um exame de raio-x constatou a presença de um objeto sólido dentro da vagina. "Nesse momento, ela confessou que estava levando droga", afirmou o delegado. "O fumo não é crime, mas é proibido dentro dos presídios. Ele foi usado para confundir o cheiro da maconha", completou Walter Júnior.

Presa na Delegacia de Floriano, Leudimar deve ser encaminhada para a Penitenciária Feminina de Teresina em breve. Ela responderá por tráfico e associação para o tráfico. Wedson, que já cumpria pena em Vereda Grande por roubar uma metralhadora da Delegacia de Itaueira, será indiciado pelos mesmos crimes da companheira.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com