Cidadeverde.com

Suspeito de matar irmãos em Floriano chega a Teresina e seguirá para presídio

  • preso-goias-jogador-6.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • preso-goias-jogador-7.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • preso-goias-jogador-5.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • preso-goias-jogador-4.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • preso-goias-jogador-3.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • preso-goias-jogador-2.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde
  • preso-goias-jogador.jpg Foto: Wilson Filho/Cidade Verde

Emanuel Ribeiro Soares, conhecido como Manuelzinho, chegou a Teresina às 16h desta segunda-feira (31). Ele foi preso em Nova Veneza (GO), no último dia 16, em cumprimento de mandado de prisão pela morte do jogador de futebol Edson Piauí e seu irmão, um policial militar, em novembro do ano passado. Ele seguirá até amanhã à penitenciária de Floriano, cidade onde ocorreu o crime. 

De acordo com o delegado Menandro Pedro da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), o preso passará por exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), na zona Sul de Teresina. Até amanhã ele seguirá para o presídio de Vereda Grande, em Floriano. 

A prisão do acusado aconteceu por meio de trabalho conjunto do Núcleo de Inteligência da SSP/PI, Núcleo de Inteligência de Goiás, Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes de Teresina (Depre) e Delegacia Regional de Floriano.

Segundo a polícia, o lateral esquerdo Edson Piauí, 27 anos, foi assassinado a tiros após uma discussão banal em uma churrascaria. As investigações apontaram que após a briga, o jogador de futebol foi embora procurar o irmão policial militar. Os dois buscaram o suspeito em um bar da cidade e foram recebidos a tiros. 

O jogador morreu na hora. O irmão foi socorrido, encaminhado ao Hospital Regional Tibério Nunes com perfurações de bala no pulmão, no intestino grosso, no intestino fino e no fígado, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no dia seguinte. Segundo Emanuel, Edson teria assediado sua esposa. 

 

Flash Christhian Sousa (TV Cidade Verde)
Redação Maria Romero
redacao@cidadeverde.com