Cidadeverde.com

Secretário anuncia investimentos em segurança para Floriano

O secretário de Estado da Segurança Pública, Fábio Abreu, recebeu, nesta terça-feira (24), o deputado estadual Joel Rodrigues. A reunião, que ocorreu na sede da Secretaria da Segurança, serviu para tratar de assuntos referentes à segurança na região de Floriano.

Fábio Abreu ouviu atentamente as reivindicações do deputado que estava acompanhado do presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Floriano, Conegundes Gonçalves; da presidente da Associação Comercial e Empresarial do Sul do Piauí, Maria Cândida Goes; e do empresário Assis Carvalho. Dentre as solicitações da comitiva, estavam o reforço do policiamento na região e melhoria na estrutura da Policia Civil e Militar.

Durante a reunião, o secretário comentou sobre projetos de melhorias na Segurança do Estado e assegurou que vai reforçar o efetivo de investigadores da Policia Civil, enviar novas viaturas e reforçar o sistema de monitoramento que existe na cidade.

“Nossa meta é reestruturar e dar mais condições de trabalho tanto para Policia Civil, quanto para a Militar, não só em Floriano, mas também de outras cidades do interior. Nós vamos receber 14 novas viaturas da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e certamente iremos enviar algumas para a cidade de Floriano. Enquanto deputado federal, destinei emendas para implantar sistema de monitoramento no município. Acreditamos que a tecnologia é nossa grande aliada no combate à criminalidade”, destacou Fábio Abreu.

Reforçando a importância da parceria entre o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa, o secretário autorização a implantação do Mirim Cidadão na Princesinha do Sul, como é conhecida a cidade, e o deputado Joel Rodrigues irá destinar emendas para a manutenção do projeto na cidade.

“A prevenção é a nossa principal arma contra o crime. Evitar que crianças e jovens sejam alvos de traficantes e outros criminosos é o melhor caminho para reduzir a violência. E nós, enquanto governo, não podemos fazer isso sozinhos, precisamos da ajuda dos deputados para manter esses projetos”, ressaltou Abreu.