Cidadeverde.com

Secretária faz campanha para reduzir número de incêndios

Nesse período, época mais seca e quente do ano, é recorrente o aumento do número dos focos de incêndios e queimadas, principalmente em terrenos baldios presentes na cidade. Mas o que as pessoas que provocam essas queimadas esquecem é que o fogo descontrolado prejudica a flora, fauna, solos e os rios, além de ser um crime ambiental (Lei 9.605/98). 

Segundo a Companhia de Corpo de Bombeiros, em Floriano, apenas entre os meses de maio e agosto, foram registradas 81 ocorrências relacionadas a fogo em vegetação e/ou em terrenos baldios. Nos meses de julho e agosto de 2016 foram registrados 62 focos de incêndios, seis ocorrências a menos se comparado ao mesmo período de 2017. 

Ainda em aberto, o mês de setembro/17 já apontava, até a data de fechamento da matéria, 23 registros de fogo em terrenos baldios ou em vegetação. De acordo com o fluxograma da CIA de Corpos de Bombeiros, os bairros com maiores focos de incêndio são: Taboca (16%), Manguinha (11%), Meladão (9%), São Cristóvão (9%), entre outros. 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais, para informar a população e visando reduzir o número de queimadas, irá promover, durante os meses de outubro a dezembro, nas escolas da Rede Municipal de Ensino, palestras com o teor de educação ambiental e prevenção às queimadas. O calendário será divulgado em breve e alcançará escolas das Rede, com maior atenção à zona rural, visto a recorrência dos focos de calor nessa região.


cidades@cidadeverde.com