Cidadeverde.com

Reunião avalia ação cadastral dos feirantes de Floriano

A ação realizada no último sábado (24), que buscou a conscientização dos feirantes através de informações sobre o descarte correto do lixo em visita as imediações do Mercado Público Central, foi avaliada na manhã desta terça-feira (27), pelos secretários de Governo, James Rodrigues, de Saúde, Thais Braglia, coordenador da Vigilância Sanitária, Chico Alves, e demais profissionais que cooperaram com a coleta de dados. A avaliação levou em consideração a necessidade de contribuir para um espaço limpo e agradável para os feirantes e clientes que circulam naquela região, realizando suas compras diariamente. Infelizmente, no dia seguinte a ação, ainda foi possível detectar o descarte de modo irregular do lixo produzido no local.

A operação realizada em dois dias cadastrou 212 feirantes, destes 188 residem em Floriano, pertencendo a zona rural e urbana e 24 deles de outras cidades para realizar a venda de seus produtos. O cadastro é importante, pois é um modo de conhecer o perfil dos feirantes, que desempenham esta trabalho significativo para a população. Alves ressaltou a importância da cooperação de todos para um bom resultado na busca por um espaço limpo e organizado, sugerindo que o descarte do lixo produzido seja feito nos toneis distribuídos ou devido à grande demanda, em sacolas, e colocadas para recolhimento da equipe de limpeza da prefeitura, uma vez que o lixo é recolhido duas vezes por dia. 

Para que todos possam usufruir de um espaço agradável é necessário a integração de todas as partes: poder público, feirantes e demais pessoas que circulam neste espaço tão importante para a comunidade florianense. O simples ato de recolher o lixo em sacos plásticos e dispor de modo ordenado para recolhimento, contribui para a eficácia dos trabalhos contínuos realizados no local.

Fonte: Ascom