Cidadeverde.com

Floriano:apresentado relatório a vereadores que discutem direitos de servidores

Integrantes do governo municipal de Floriano apresentaram, na manhã desta sexta-feira (04), no gabinete do prefeito, dados relacionados a situação financeira do município de Floriano, com destaque para as despesas com pessoal. A proposta foi repassar o máximo de informações possível aos vereadores de Floriano, que vivem uma fase de discussão do Plano de Cargos e Salários dos servidores municipais e, ao mesmo tempo, reivindicações das categorias, como é o caso da educação, que propõe índices de reajuste salarial, licença prêmio e reduções de carga horária.

O prefeito Joel Rodrigues, que não pode comparecer ao encontro, foi representado pelo vice-prefeito, Antônio Reis Neto. Na reunião também estavam secretários municipais e os vereadores de oposição e situação: Dessim Almeida, presidente da Comissão de Educação da Câmara, Manoel Simplício, Salomão Holanda, David Oka, Miguel Vieira, Celso Soares e Fábio Braga. Os secretários, de Governo, James Rodrigues e de Finanças, Josélia Rodrigues, apresentaram dados que mostram o momento financeiro difícil pelo qual passa o município de Floriano, que recebe valores de repasses federais muito aquém do que precisa para manter a folha de pagamento.

Em uma das comparações, Josélia mostrou que a receita do FUNDEB de abril de 2018, foi de R$ 1.419.730,00 , quando só a folha de efetivos dos professores, de abril, custou  R$ 1.747.788,49, ou seja, mesmo sem reajustes o município tem aportado muitos recursos próprios para conseguir cumprir com suas obrigações de pessoal.

O vice-prefeito, Antônio Reis, falou da importância do debate, do diálogo exaustivo e do planejamento, antes de qualquer decisão que consolide aumento de gastos, e que o município tem feito isso com todos os entes, legislativo, Ministério Público e sindicatos. O secretário de Governo, James Rodrigues lembrou que os direitos assegurados do servidor devem sempre estar sempre em harmonia com as possibilidades financeiras do município.

Fonte: Ascom