Cidadeverde.com

Suspeita de encomendar execução admite vingança no Facebook

  • facebook1.jpg Reprodução / Facebook
  • facebook2.jpg Reprodução / Facebook
  • facebook3.jpg Reprodução / Facebook

A mulher identificada como Francinéia Guedes Rodrigues, de 25 anos, publicou em seu Facebook vários textos onde confessa sua participação no assassinato de um pai e um filho em Floriano, município a 244 km de Teresina. Nas postagens ela admite que encomendou o crime por vingança, pois uma das vítimas teria matado o seu pai. "O filho dele só morreu pq queria mim matar la na hora se meteu onde não cobi"[sic], diz a postagem.

 De acordo com o delegado do 1º Distrito, Bruno Oliveira, os textos foram anexados ao inquérito para auxiliar a materialidade do caso. Nas postagens, que começaram no último domingo (13), Dia das Mães, Francineia com o usuário "Mell Conha", comenta: "Obgd senhor obgd a vcs que mim emtende  ???????? lili vai contar meu pcr???????????? Deus vai te livra pq vc não tem culpa eu sim saudades Denis" [sic]. A gíria “Lili vai cantar”se refere a soltura de presos.

No post, ela se refere ao outro suspeito identificado como Denis que seria seu comparsa. Denis foi baleado pela Polícia logo após o crime e foi levado ao hospital onde permanece custodiado. De acordo com Bruno Oliveira, ele atirou contra os dois homens.

A Polícia Civil esclarece ainda que já foi solicitado um mandado de prisão contra Francineia. "Possivelmente ele seja expedido hoje a tarde. A localização que ela usou na postagem nós não podemos levar em consideração pois ela pode ter usado para despistar", acrescenta o delegado.

O crime

O crime ocorreu na última sexta-feira (11) quando os dois foram baleados próximo a cidade cenográfica de Floriano, a 247 km de Teresina. As vítimas estavam em um bar quando foram executadas.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com