Cidadeverde.com

Floriano recebe atendimento do "Minha Casa Legal" dias 3 e 4 de julho


Foto: Emgerpi

Nos dias 3 e 4 de julho, a Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi) instalará um escritório itinerante do Programa Minha Casa Legal na cidade Floriano para atender todos os mutuários dos conjuntos: Paraíso (Floriano II), Hermes Pacheco, Irapuá e Pedro Simplício, que foram construídos pela extinta Companhia de Habitação do Piauí (Cohab) e  antigo Instituto de Previdência e Assistência do Piauí (Iapep).

O atendimento itinerante será feito da 7h30 às 17h, no Auditório do Centro Estadual de Educação Profissional Calisto Lobo, antigo Premem, que fica localizado na Rua Emídio Rocha, s/n, no bairro Irapuá I, em Floriano.

O Diretor-presidente da Emgerpi, Décio Solano, informa que nesta terça-feira (3), o governador Wellington Dias estará em Floriano para participar da solenidade de Entrega da Regularização Fundiária do Conjunto Habitacional Paraíso (Floriano II), que tem 150 unidades habitacionais.

“Na solenidade serão feitas entregas de ofícios de liberação de hipoteca para 10 mutuários do conjunto Paraíso. Esta ação de regularização vai beneficar, em média, 600 pessoas do município”, disse Décio Solano.

“O objetivo destas ações é levar mais facilidade e comodidade para os mutuários de Floriano. Além de entregar o registro e averbação da área do conjunto Paraíso (Floriano II), esses mutuários terão mais oportunidade para negociar dívidas, atualizar dados e conhecer os descontos de 90%, 40%, 30% e 20% que o Programa Minha Casa Legal está oferecendo para aqueles proprietários que ainda têm débitos nos contratos de financiamentos dos seus imóveis”, finalizou o Diretor- presidente, Décio Solano.

De acordo com a Diretora de Processos Imobiliários da Emgerpi (DPI/Casa do Mutuário), Ana Lúcia Gonçalves, a Emgerpi já realizou mais de 50 atendimentos itinerantes do Programa Minha Casa Legal no Piauí. “Através destas ações, tornou-se possível regularizar mais de 5.000 imóveis no Estado e fazer a entrega de mais de 3.975 ofícios de liberação de hipotecas aos beneficiários/titulares de contratos de financiamento habitacional”, esclareceu a diretora