Cidadeverde.com
Geral

Colombianos são investigados de crime de agiotagem em Teresina

Imprimir
Policiais do 12° Distrito estão investigando três colombianos pelo crime de agiotagem. Segundo o delegado Ademar Canabrava, os acusados transferiram do Brasil para a Colômbia a quantia de R$ 340 mil nos últimos dois meses.

Reprodução/TV Cidade Verde
Delegado Ademar Canabrava

"No dia 30 de outubro, eles transferiram R$ 200 mil. No dia 16 de setembro, transferiram R$ 140 mil. São dois homens e uma mulher. Eles foram ouvidos na manhã de hoje e liberados, mas já abrimos o inquérito", explicou Canabrava.

O delegado acrescentou que as informações preliminares apontam que o trio emprestava dinheiro a juros de até 70%. "Os acusados emprestam dinheiro a juros altíssimos. Se a pessoa pega R$ 1 mil, eles cobram R$ 70 por dia", contou.


Como defesa, o trio alega que o dinheiro transferido para a Colômbia é resultado de vendas de produtos. "Nós encaminhamos os comprovantes de transferência para a Polícia Federal. Pedi a quebra de sigilo bancário. É preciso investigar a origem e o destino dessas quantias", pontuou o delegado.

Segundo Canabrava, os três colombianos serão indiciados por crime contra a economia popular, mais conhecido como agiotagem.



Jordana Cury

Imprimir