Cidadeverde.com
Geral

Em dez dias, PRF recolhe 209 animais soltos nas rodovias

Imprimir
Uma operação da Polícia Rodoviária Federal, durante os dias 21 a 30 de janeiro de 2014, em um trabalho conjunto com a Secretaria de Estado do Transportes, apreendeu 209 animais localizados circulando às margens ou sobre a pista de rolamentos das rodovias federais e estaduais.

Esta ação de prevenção aos acidentes que envolvem os animais foi realizada nas rodovias BRs 316, 407, 343, 230, 135, 020 e PI-113. O trabalho atingiu os municípios de José de Freitas, Teresina, Demerval Lobão, Lagoa do Piauí, Monsenhor Gil, Amarante, Nazaré do Piauí Jerumenha, Oeiras, São João da Varjota, Picos, Dom Expedito Lopes, Geminiano, Patos Santo Antônio de Lisboa, Vila Nova e Alegrete.

“Os acidentes que tiveram como causa animais sobre a pista totalizaram 261 em 2013, provocando 06 mortes. Em 2013 um universo de 952 animais foram retirados das rodovias federais e estaduais no Piauí. No ano de 2014 as apreensões já alcançam 261 animais”, destacou a nota da PRF.

O total de animais recolhidos por microrregião ficou assim distribuído: na área de abrangência do município de Floriano foram recolhidos 71 animais. 54 eram jumentos e 17 bovinos. Todos foram deixados em depósito neste mesmo município.

Na área de influência do município de Picos um número equivalente a 120 animais foram apreendidos. Detre eles estavam 30 bovinos, 77 jumentos, 10 cavalos e 03 burros. Os animais recolhidos nesta área foram encaminhados para curral em Picos.

Por último, a operação foi desencadeada na grande Teresina. Nesta área foram encontrados 18 animais soltos. No meio deste contingente estavam 06 bovinos, 02 cavalos, 01 jumento, 01 suíno e 08 caprinos. Após apreendidos foram todos levados ao depósito em José de Freitas.

“Os animais recolhidos aos currais nos municípios ali permanecem até que seus proprietários aparecem para reavê-los. Nessa ocasião estão obrigados a pagar uma taxa estabelecida pelo executivo municipal, que varia de R$ 60 a R$ 200 por animal”, informou a PRF.


Imprimir