Cidadeverde.com
Últimas

Candidatos recorrem contra questões do concurso da PM

Imprimir
Uma turma de candidatos que concorreram a uma das 400 vagas do concurso da Polícia Militar para o cargo de Soldado vai entrar com recursos solicitando mudança de gabarito e anulação de questões da prova realizada no último domingo(23). 

Segundo o candidato Wesley Wenderson Ribeiro, cerca de 120 inscritos que fizeram a prova se reuniram na noite de ontem (25) para comentar e analisar as questões junto com professores e chegaram a um consenso em pelo menos seis itens que eles acreditam que devem ser alterados. 


“Nas questões 44 e 45 de legislação da PM e as 55 e 57 de Segurança Pública devem ter o gabarito alterado, já que o gabarito oficial não condiz com as afirmações corretas. E as questões 50 e 60 nós queremos a anulação”, explicou o estudante. 

De acordo com os candidatos, a questão 50 sobre a “Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão” não estava no conteúdo programático do edital do concurso e na questão 60, eles alegam que o Decreto em que se tratava o conteúdo foi revogado e entrou no seu lugar um novo. 

“Essa questão 60 tratou de um decreto que já foi revogado, o 5.289, de 29 de novembro de 2004 e entrou no lugar o Decreto 7.318 de 2010  sobre a Força Nacional, por isso não anula”, destacou Wesley Wenderson. 

Os alunos irão ainda na manhã de hoje(26) impetrar os recursos no protocolo da  Universidade Estadual do Piauí (Uespi). 

Nucepe

Os recursos contra as questões da prova escrita devem ser impetrados hoje e amanhã (27) no protocolo geral da Uespi, no campus Torquato Neto, no bairro Pirajá, zona Norte de Teresina. 

O resultado dos recursos deve sair até o dia 24 de março e a divulgação do resultado da prova escrita até o dia 28 de março e convocação para a realização da segunda etapa que é o exame de saúde.

Foram inscritos 30.506 candidatos para 430 vagas (sendo 400 para o cargo de soldado e 30 para oficiais). Os salários iniciais variam de R$ 2.047,63 a R$ 3.897,04 dependendo do cargo pretendido.

Matérias relacionadas: 


Caroline Oliveira
Imprimir