Cidadeverde.com
Geral

Sinpolpi critica aumento de homicídios no interior do Estado

Imprimir

O número de homicídios registrado no interior do estado no mês de agosto foi quase quatro vezes maior que o mês anterior. Enquanto ocorreram nove assassinatos no mês de julho, no seguinte, foram registrados 24 homicídios dolosos. A informação é da pesquisa mensal realizada pelo Sindicato dos Policiais Civis (Sinpolpi), feita com base na divulgação de notícias pelos meios de comunicações do Estado. 

O número de homicídios contabilizado pelo (Sinpolpi), total de 45, é diferente do divulgado pela Secretaria de Segurança que registrou 49 em todo estado, sendo 26 no interior e 23 em Teresina. 

O presidente do sindicato, Constantino Júnior, afirma que a Secretaria de Segurança prioriza as ações para reduzir a criminalidade apenas na capital.   

“Enquanto isto acontece, os demais municípios estão presenciando uma violência crescente e desmedida, como mostra a nossa pesquisa. Para se ter uma ideia de quão preocupantes são estes dados, basta lembrar que em agosto aconteceram mais homicídios dolosos nos demais municípios do que na capital, com 24 casos a 21. Poucas vezes nas pesquisas do Sinpolpi isto acontece. Geralmente é em Teresina onde se concentra a maioria dos assassinatos”, argumenta o sindicalista.
O número também foi elevado por conta chacina ocorrida em Alegrete no dia 17 de agosto, em que seis pessoas da mesma família foram assassinadas em casa. 

A pesquisa do Sinpolpi mostra ainda que no total geral também aconteceu um aumento no número de assassinatos em agosto em comparação com os números de julho. No mês passado foram registrados 45 homicídios dolosos no Piauí contra 33 no mês das férias.  Este aumento foi superior a 35%.

Outros dados 

Com relação a ocupação, o relatório aponta que 18  vítimas tinham ou tiveram problemas com a lei. Eram assaltantes, detentos, traficantes, ex-detentos, internos ou ex-internos. E 28 pessoas foram assassinadas com armas de fogo e 16 com armas brancas. 

A zona mais violenta de Teresina no mês de agosto foi a Leste com sete assassinatos, sendo que deste total, dois crimes foram registrados no Parque Universitário. Em seguida aparecem as zonas Sul e Sudeste com cinco casos cada e por último a zona Norte.

No mês passado, seis mulheres foram assassinadas no Piauí, sendo que a metade destes crimes aconteceu na chacina de Alegrete, matando uma mãe, uma filha e uma neta.

 

Da redação 
[email protected]

 

Imprimir