Cidadeverde.com
Últimas

Cachorro levado durante resgate é devolvido após denúncias em Teresina

Imprimir

Atualizada às 14h02

A empresária Egislene Kellen informou que o seu cachorro foi encontrado na manhã de hoje (22), após buscas no Centro de Teresina. Carlos Ramos, que admitiu ter pego o animal, declarou que recebeu denúncias de maus tratos e, por isso, fez o resgate. O Batalhão de Polícia Ambiental, contudo, disse que o declarou que o animal está saudável. 

Egislene informou que depois que conseguiu localizar quem fez o resgate, entrou em contato e pediu que o cachorro fosse devolvido. Segundo ela, o animal foi deixado na Avenida José dos Santos e Silva e uma moradora do bairro encontrou o cão perdido. Após divulgações nas redes sociais, o cão e sua dona se reencontraram. 

A empresária declarou que realizou denúncia junto ao 12ª DP e que vai manter o pedido de investigação, já que o animal foi tirado de dentro de sua residência. 

A tenente Liliane Bezerra, do Batalhão de Polícia Ambiental, declarou que o animal não estava sofrendo maus tratos, já que se encontrava saudável, com boa aparência e os proprietários diariamente deixaram água e comida para ele. 

"Apesar de ser uma casa em construção, não havia maus tratos. O cachorro tinha sombra, água e comida e todos os dias havia alguém lá", declarou. 

Carlos Ramos, que fez o resgate, justificou o ato: "Era uma situação de flagrante abandono, o cachorro estava sozinho lá, temos vídeos gravados por vizinhos em que o cachorro grita de fome. Foi somente por isso que fomos ao local. E não arrombamos o portão, ele estava semiaberto, quebrado, apenas empurramos e o cachorro saiu", declarou. 

 

Matéria original

Câmeras de segurança de uma casa registraram o suposto furto de um cão da raça dálmata na Zona Leste de Teresina. O caso foi ocorreu no último domingo (22) e o inusitado é que os responsáveis por levar o animal se identificaram como membros do grupo Anjos dos Animais e ficaram de devolver o cachorro, mas até o momento não apareceram. 

Pelo vídeo é possível observar que o dálmata ainda corre pelas ruas, mas é capturado e levado em um carro cor branca. 

A dona do cão, a empresária Egislene Kellen, conta que registrou BO no 12º Distrito Policial. Os homens suspeitos de levar o animal se identificaram apenas como Bruno e Carlos e arrombaram a casa para levar o bicho. 

"Como é que um protetor dos animais, quer proteger os animais, chega aqui com a denúncia, averiguam, filmam, acham que o animal está sendo maltratado porque está em uma construção,  cheia de mato, e podem arrombar a casa de qualquer cidadão. Eles chegam arrombam a casa e levam o cachorro que não está nem passando por maus tratos. Nós já descobrimos quem são as pessoas que levaram o animal e divulgamos nas redes sociais. Meu advogado pediu que devolvessem o cachorro. Quero saber se ele está passando bem ou não e eles simplesmente desligaram o telefone", lamenta a empresária Egislene Kellen.

 

Com informações Notícia da Manhã
[email protected]

Imprimir