Cidadeverde.com
Geral

Homicídios dolosos no Piauí registram aumento pelo terceiro mês consecutivo

Imprimir

O estado do Piauí registrou no período de primeiro a 31 de outubro deste ano, 53 assassinatos. De acordo com pesquisa do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Piauí (Sinpolpi), este é o terceiro mês seguido que o estado registra aumento nos homicídios. Em agosto foram registrados 45 e em setembro, 48 homicídios dolosos.

A pesquisa mostra que em termos percentuais, o aumento em outubro em relação a setembro foi de mais de 10% e cerca de 20% em relação a agosto. Outro dado importante que a pesquisa revela é que 33 dos 53 assassinatos de outubro foram registrados no interior do Estado contra 20 casos na Capital.

O presidente do Sinpolpi, Constantino Júnior, alerta para o crescimento da violência no interior do Estado. "A explicação é muito simples: falta investimento por parte do Poder Público Estadual. A maioria das delegacias do interior funciona precariamente com apenas um policial civil e as vezes apenas um policial militar a quem compete o trabalho de prevenção", diz. 

Perfil das vítimas

A pesquisa de homicídios de outubro revela que em 14 dos assassinatos as vítimas eram suspeitos de assaltos ou tráfico, detentos, ex-detentos, ex-internos ou usuários de drogas. "Os números mostram que as autoridades precisam rever com urgência a política de ressocialização de presos", orienta o Sindicato. 

Com relação ao instrumento do crime, a arma de fogo, mais uma vez foi a mais usada, com 29 casos. Em seguida aparecem as mortes por armas brancas que tiveram registrados 18 casos.

Quando os crimes na capital são distribuídos por zonas observa-se que a Sul continua a mais violenta com oito casos, em seguida aparecem as zonas Leste e Sudeste com cinco e quatro crimes, respectivamente, e por último a zona Norte com três assassinatos. No mês de outubro cinco mulheres foram assassinadas no Piauí.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir