Cidadeverde.com
Últimas

Crianças com microcefalia terão acompanhamento específico na Maternidade

Imprimir

As 36 crianças diagnosticadas com microcefalia no Piauí, depois da epidemia de Zika vírus no ano passado, serão todas acompanhadas por um segmento específico para elas montado na Maternidade Dona Evangelina Rosa.

A neuropediatra Juliana Pádua, médica designada pelo governo para coordenar o setor na MDER, informa que todo o acompanhamento necessário para as crianças será feito. "Lá a gente vai acompanhar todo o desenvolvimento, vai auxiliar as famílias, prestar informações e provavelmente encaminhar para uma reabilitação, assim que a gente perceber qualquer alteração ou desvio de desenvolvimento". 

Juliana explicou ao Jornal do Piauí desta sexta-feira que essas crianças devem ter alterações no seu desenvolvimento. "Atraso em todos os sentidos, na linguagem, na aquisição do sentar, da marcha, e muitas, acredito que possam não chegar a andar. Então precisamos ficar atentos a qualquer déficit de força ou movimentação, para que encaminhemos para alguma reabilitação, para se desenvolverem da melhor maneira possível".

Além disso, de acordo com a reportagem, o governo do Piauí está montando uma série de estratégias em Teresina e no interior do Estado, como o retorno da borrifação de inseticida nas ruas, o conhecido fumacê, a alteração de locais de acúmulos de água no interior, para cisternas com tampas adequadas, dentre outras campanhas de prevenção que possam impedir a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chinkungunya e Zika.

 

Lyza Freitas
[email protected]

 

Imprimir