Cidadeverde.com
Política

Vereador Ricardo Bandeira deixa o PSDC e migra para o PSL

Imprimir

Na próxima sexta-feira (4), o vereador Ricardo Bandeira se desligará do Partido Social Democrata Cristão (PSDC), e já tem data marcada para a sua filiação no Partido Social Liberal – PSL, que acontecerá na segunda-feira (7).

O Congresso Nacional promulgou, no dia 18 de fevereiro, a PEC que abre a chamada “janela partidária”, que estabelece o prazo de 30 dias para que os detentores de mandatos proporcionais (deputados federais, estaduais e vereadores) troquem de partido sem o risco de perder o mandato por infidelidade partidária. A emenda, que integrava a proposta de reforma política na Câmara, foi aprovada no fim ano passado pelo Senado Federal.

“O PSDC foi muito importante pra mim. Recebi muitos convites para mudar de partido, e um deles foi do Sérgio, meu filho, que me convidou para fazer parte do PSL. Demorei muito para decidir se iria ou não. Conversei primeiramente com Deus, com meus amigos parlamentares, com o grupo do PSDC e também com minha família. E então decidi que o melhor pra mim é mudar para o PSL", comentou Ricardo Bandeira.

O vereador já vinha analisando a possibilidade de troca desde o ano passado, quando a PEC começou a tramitar com início da reforma política. Pela Legislação atual, a troca de partido sem a perda de mandato só é permitida se o parlamentar se transferir para um partido recém-criado.

Nesta sexta-feira (03), acontece na Câmara Municipal de Teresina, a convenção do PSL e ainda a posse da nova diretoria do partido à partir das 9h.

Da Redação
[email protected]

Imprimir