Cidadeverde.com
Política

Nomes dos eleitores mortos em Corrente são divulgados pela PM

Imprimir
A Polícia Militar está concluindo a perícia do acidente envolvendo uma caminhonete F-4000, cor branca, placa WVD-4354, que transportava 19 eleitores de Corrente (874 km de Teresina). No acidente, duas pessoas morreram, seis estão gravemente feridas em Barreiras-BA, nove continuam internadas no Hospital Regional da cidade e apenas duas foram liberadas após os primeiros socorros.
 
As vítimas fatais foram: Danilo do povoado Santa Marta e Paulo da Silva Pinheiro, 50 anos.  A caminhonete que era conduzida por um motorista identificado como Marlos, uma das vítimas grave que foi transferida para Barreiras, transportava 19 pessoas para um comício do candidato a prefeito à releição, João Barros, no povoado Fazenda de Cima, por volta das 20h, quando sobrou numa curva e virou.
 
De acordo com o Tenente Jean Lopes, que atendeu a ocorrência, as vítimas contam que a PI-255 estava movimentada e um do carro, na direção contrária, jogou luz alta e o motorista teria perdido controle da direção e ?passado direto na curva?.
 
Matéria relacionada:
 
No povoado estava ocorrendo o comício do candidato à reeleição, prefeito João Barros (DEM) e do também candidato a prefeito Tertuliano Cavalcante (PSB), além dos festejos do padroeiro do povoado.
 
Prefeito João Barros
Segundo o tenente Jean, a caminhonete transportava eleitores para o comício do prefeito João Barros, que ficava a 60 metros do outro. Um funcionário da Prefeitura foi designado para prestar assistência às vítimas.
 
Para o socorro das vítimas foram utilizadas ambulâncias da Polícia Militar, do Hospital Regional e um veículo particular, que levaram os feridos graves para o Hospital de Barreiras na Bahia (a 240 km de Corrente).
 
O Tenente informou também, que um tumulto tomou de conta em frente ao hospital: familiares e curiosos querendo entrar a força. A multidão foi contida por policiais militares. Por volta da meia-noite, uma lista com os nomes dos feridos foi divulgada na porta do hospital para os familiares. O caso será investigado pela Delegacia Regional de Corrente, delegado Antônio Silvestre.


Caroline Oliveira
[email protected]
Tags:
Imprimir