Cidadeverde.com
Política

Marden Menezes critica o ?vale tudo? na política

Imprimir

O líder da oposição na Assembléia Legislativa, deputado Marden Menezes (PSDB), fez um desabafo na tribuna da Casa para destacar as dificuldades enfrentadas durante a campanha do seu pai Luiz Menezes (PTB) à prefeitura de Piripiri, contra o deputado Dr. Pinto (PDT).

O tucano atacou o uso da máquina do governo na tentativa de comprar votos a favor do candidato do PDT, que de acordo com o deputado, não obteve êxito diante da história de vida do seu pai e de suas propostas para a cidade de Piripiri.

Além da compra de votos, Marden denunciou o abuso do poder político e policial com o intuito de reprimir os eleitores do candidato eleito Luiz Menezes. ?O povo de Piripiri resistiu bravamente à violação das leis eleitorais, a truculência e omissão daqueles que deveriam proteger a todos indistintamente?, afirmou Marden.

Marden colocou que vários integrantes da coligação do Dr. Pinto foram presos em flagrante, mas que os mesmos foram liberados em seguida sem nenhuma punição. ?Como se não bastasse a compra alucinada, insana e desavergonhada de votos, do espancamento e apedrejamentos de mulheres em carreatas, após tudo isso, nós ainda tivemos uma ordem judicial proibindo a comemoração do nosso partido, caso saíssemos vitoriosos. Eu nunca vi um absurdo desta natureza?, desabafou o deputado.

De acordo com ele, o que foi feito na cidade de Piripiri envergonha e mancha mais ainda a classe política. Além disso, atitudes como essa provocam a baixa credibilidade que a classe política possui em todo o Brasil. ?A classe política cava a sua própria sepultura?.

 

Redação
redacao@cidadeverde.com

Tags:
Imprimir