Cidadeverde.com
Geral

Mãe e bebê são banidos de bar por fazer "bagunça"

Imprimir

Um sutiã no banheiro teria sido a gota d´água para que uma mulher de 22 anos e seu filho de 5 meses fossem banidos de um pub no condado de Goole, em East Yorkshire, no Reino Unido. Segundo a administração do bar, a visita dos dois deixou o local "bagunçado demais": além da roupa íntima, ela teria deixado fraldas sujas no local. A mãe alega que o gerente teria dito que Jayson (o bebê) é muito bagunceiro. As informações são do jornal "Daily Mail".

Celia Kelly ficou sabendo do impedimento quando esteve no local para pedir comida. Ela estava, no momento, com uma amiga e com seu bebê, mas apenas ela e o pequeno foram banidos. A justificativa foi, segundo ela, de que o local ficou em péssimo estado após sua última visita, acusações negadas e classificadas por ela como "risíveis" e "100% falsas". 

"Como meu filho de 5 meses pode fazer toda essa bagunça? Estou furiosa com isso. Ele não é grande o bastante nem para se sentar numa cadeira", protestou. Celia também negou ter deixado seu sutiã no local. "Eu não tenho pouco peito, então as pessoas perceberiam se tivesse tirado meu sutiã. E por que eu jogaria fraldas sujas por lá? Por quê? Eu não pude acreditar e ainda não consigo", completou a mãe, que diz ter recebido olhares de nojo dos funcionários. 

Um porta-voz da JD Wetherspoon confirmou a decisão da gerência e disse que a rede apoia o banimento da Celia. "A equipe e a administração do pub estão extremamente orgulhosas de seus altos padrões de limpeza. Aceitamos que uma certa quantidade de bagunça é esperada, no entanto, este foi um nível inaceitável e um desprezo claro por outros clientes e funcionários do pub. As câmeras CCTV não cobrem os banheiros públicos", diz a nota.

Fonte: Extra

Imprimir