Cidadeverde.com
Geral

Trio que invadiu hotel ameaçou levar criança de 10 anos como refém

Imprimir

A criança de 10 anos que foi mantida refém durante assalto a um hotel na zona Norte de Teresina está bastante abalada. Pedro Sena, irmão da vítima, conta que o garoto não conseguiu ir para a escola e está com medo de ficar em casa. Além do menino, a mãe dele (empresária e dona do hotel) e um recepcionista também foram feitos reféns. Devido o trauma, o funcionário não voltou para o trabalho. 

O hotel é integrado à casa da família, mas o acesso a residência é restrito. O assalto ocorreu por volta de 1h da madrugada de ontem. Os três criminosos trajavam paletó e gravata. 

"Eles colocaram arma de fogo e uma faca no meu irmão. Queriam que ele dissesse onde estava o dinheiro. Meu irmão está muito assustado, não foi à escola ontem com medo, não comeu e está com medo de ficar em casa. Tentaram levar meu irmão para pressionar minha mãe a dizer onde estava o cofre. Vamos ter que levá-lo ao psicólogo", disse Pedro Sá. 

O filho da empresária conta que o recepcionista do hotel foi bastante pressionado e após o assalto não foi mais trabalhar.

"Eles pressionaram muito meu funcionário que a todo tempo pedia para não ser morto, pois a mulher dele está prestes a ter bebê. A pressão nele foi muito grande para que dissesse onde estava minha mãe e o cofre. Não sei se ele volta mais. Todos ficamos abalados", disse o jovem. 

Pedro Sena acredita que a ação criminosa foi 'parada dada' e relata que os suspeitos exigiam apenas o cofre. 

"Eles não chegaram no hotel, não  invadiram quartos dos hóspedes. Um deles ficou na recepção e os outros dois exigiam o cofre que diziam estar na nossa casa. Mas aqui não tem cofre. Não guardamos dinheiro em casa, justamente, por questão de segurança. Acredito que foi 'parada dada', mas deram errada. Vamos continuar trabalhando para recuperar o que levaram", esclarece Sena.

Do hotel foram levados joias da dona do hotel e outros pertences pessoais das vítimas, bem como uma S10 de um hóspede. Horas após o crime, a camionete foi recuperada e um dos criminosos preso. 

 

Graciane Sousa
[email protected] 

Imprimir