Cidadeverde.com
Política

Ministro da Saúde faz alerta sobre a dengue nesta sexta em Teresina

Imprimir


O ministro da Saúde, Ricardo Barros, participa de audiência pública na Câmara (foto:Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Na próxima sexta-feira (08), a partir das 11h, no Parque Lagoas do Norte, o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, participará do Dia D de Combate à Dengue, em Teresina.  Também durante a visita a capital piauiense, o ministro irá assinar o convênio que autoriza o repasse de R$ 3.400.000 em recursos para a construção do Centro de Atenção à Saúde da Mulher em Teresina. 

No Lagoas do Norte, durante o evento, serão montados estandes com aproveitamento de resíduos sólidos e agentes de endemia acompanharão o ministro a visitas em casas da região. Eles farão vistorias à procura de possíveis focos de mosquito. O Caminhão Verde, da Prefeitura, estará no local distribuindo mudas de plantas. 

Teresina está em situação de baixo risco para a infestação do Aedes aegypti. É o que indica o resultado do terceiro Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2017. A pesquisa foi executada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) na segunda quinzena de outubro.

Segundo os dados divulgados, o Índice de Infestação Predial (IIP) – a relação entre o número de imóveis positivos para o mosquito pelo total pesquisado – da nossa cidade está em 0,2%, considerado satisfatório pelo Ministério da Saúde. No último levantamento, realizado no primeiro semestre, o resultado foi 1,3%. “Os números do LIRAa seguem uma curva de aumento no início do ano, com ápice nos meses de maio e abril”, explica Joaquim Gomes, da Gerência de Zoonoses da FMS. “Logo após o fim da época das chuvas, é esperado um aumento no índice de infestação, que sofre uma queda na época na estação seca”, informa.

Em 2017, até o momento, foram confirmados 2.634 casos de Dengue em Teresina; 2.533 casos de Chikungunya e nenhum caso de Zika. Em 2016, foram confirmados 2.878 casos de Dengue, 1.141 casos de Chikungunya e 42 casos de Zika. 

Novo Centro 

O novo centro vai se tornar um espaço de referência no atendimento à população feminina, oferecendo tratamentos e exames especializados. Na oportunidade, o Prefeito Firmino Filho assina ainda a autorização para o processo de licitação da obra, que será iniciado imediatamente.  

O serviço funcionará em um anexo do Lineu Araújo e terá como público alvo as mulheres a partir da adolescência (14 anos) até a terceira idade. 

Serão ofertados serviços de prevenção e diagnóstico das principais doenças que acometem o público feminino, como câncer de mama e câncer de colo de útero. Haverá ainda um serviço voltado às mulheres no climatério (menopausa), fase da vida que requer acompanhamento em diversas áreas médicas.

“Além disso, será disponibilizado um serviço voltado aos problemas de infertilidade feminina, com possibilidade de realização de inseminação artificial com casos de indicação, procedimento caro e inacessível para muitas pessoas”, diz o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Silvio Mendes. 

Parnaíba

O ministro cumpre agenda antes em Parnaíba, onde vai anunciar R$ 30 milhões para a reforma e ampliação do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA).O gestor também vai garantir a aquisição de dois aceleradores lineares para o combate ao câncer, que serão disponibilizados tanto para uma unidade hospitalar em Teresina, como em Parnaíba, segundo informa o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Da Redação
Com informações da FMS 
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir