Cidadeverde.com
Entretenimento

Naldo é acusado de agressão e preso por arma

Imprimir

Atualizada às 15h49

O cantor Naldo Benny, preso nesta quarta-feira por porte ilegal de arma, foi solto logo depois, após o pagamento da fiança, de valor não informado. Naldo foi denunciado no último sábado por agressão pela mulher, a ex-dançarina Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho. De acordo com ela, Naldo a teria agredido com socos, tapas e puxões de cabelo após uma discussão por ciúmes. Ellen já passou por exame de corpo de delito. Ainda segundo ela, Naldo tinha em casa uma arma não registrada.

A Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM) de Jacarepaguá realizou buscas na casa do cantor na Freguesia, Zona Norte do Rio, e encontrou uma pistola calibre 7,65 sem registro e munição. Naldo foi levado à delegacia e autuado em flagrante. Ele acompanhou as buscas e informou que só falaria em juízo, mas ao deixar o local falou com o EXtra:

"Não estou preso, não. Tem um equívoco aí", disse Naldo, assim que deixou a delegacia.

Matéria Original

O cantor e compositor carioca Naldo Benny foi preso em flagrante na tarde desta quarta-feira (6), por porte ilegal de arma de fogo. Uma pistola foi encontrada com ele após uma ação de busca e apreensão da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam).

O mandado já tinha sido expedido pela Justiça, mas foi cumprido nesta quarta. Foram apreendidas uma pistola e quatro munições. O G1 tentou entrar em contato com a defesa do cantor, mas ainda não obteve resposta.

Investigação por violência doméstica

O artista também é investigado por violência doméstica, injúria e ameaça, após a esposa, Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho, ter denunciado agressões do marido.

Segundo Ellen contou na delegacia, as agressões já acontecem há sete anos, desde antes do casamento dos dois, motivadas por ciúmes. No último sábado (2), durante uma briga, Ellen disse que Naldo a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo.

Segundo a delegada Viviane Costa, da Delegacia da Mulher, Ellen denunciou o marido porque "cansou" das agressões, motivadas por ciúmes. Depois da denúncia à DEAM, a polícia obteve informações de que o cantor teria uma arma não registrada, que foi apreendida nesta quarta.

Fonte: G1 e Extra

Imprimir