Cidadeverde.com
Esporte

Varela e Gugelmin faturam segundo título brasileiro no Rali Dakar

Imprimir

Os brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, que já lideravam na categoria UTV no Rali Dakar 2018 nas últimas etapas, conseguiram administrar a vantagem e confirmaram o título em Córdoba, na Argentina. 

Vitoriosos nos cinco estágios anteriores, a parceria conquistou a segunda colocação na decisão, neste sábado, atrás apenas dos argentinos Leo Larrauri e Fernando Imperatrice, que cruzaram a chegada com oito minutos de vantagem (01h45min55s).

Com o resultado, os brasileiros fecharam os 14 estágios somando 72h44min06s. Eles conquistaram 57 minutos de vantagem em cima do francês Patrice Garrouste e do suíço Steven Grieners, segundos colocados da classificação geral. A dupla do polonês Szyymon Gospodarczyk com Claude Fournier ficou com a terceira colocação.

A parceria verde e amarela garantiu o segundo título do Brasil na competição. Em 2017, Leandro Torres e Lourival Roldan faturaram o primeiro Dakar, na mesma categoria

Terminando a última etapa nos carros com a 13ª colocação, o espanhol Carlos Sainz sagrou-se bicampeão da categoria neste sábado, com 49h16min18s. Dono o título de 2010, o piloto sucedeu seu colega de equipe, o francês Stéphane Peterhanse, que havia levado a melhor nas últimas edições. Com o resultado, a Peugeot se despede do Dakar com três vitórias em quatro tentativas.

Quem também voltou a triunfar na disputa foi o chileno Ignacio Casale. Vencedor em 2014 na categoria dos quadriciculos, ele completou a prova deste sábado em 1h43min25 e garantiu a vitória em cima de seu principal rival, o argentino Nicolas Cavigliasso. 

Campeão da última edição, o russo Sergey Karyakin sofreu um acidente no quinto dia de disputas e facilitou para Casale, que já no sétimo dia, administrava bem as horas de vantagem adquiridas.

Nas motos, o austríaco Matthias Walkner terminou a prova final em oitavo lugar, 5min38s atrás do líder do dia, o argentino Kevin Benavides (01h26min41s). O resultado foi suficiente para que o piloto de 31 anos garantisse seu primeiro título, com vitória em apenas um estágio na temporada.

O Dakar começou dia 6 de janeiro em Lima, e passou por outras cidades do Peru, Bolívia e Argentina.


Fonte: Terra

Imprimir