Cidadeverde.com
Últimas

Estamos prontos sem Neymar?

Imprimir

Neymar da Silva Santos Júnior | Copa Libertadores de America 2011 | Peñarol - Santos | 110616-6940-jikatu
"Neymar da Silva Santos Júnior | Copa Libertadores de America 2011 | Peñarol - Santos | 110616-6940-jikatu" by Antonio Thomás Koenigkam Oliveira (CC BY 2.0)

 

Com a aproximação do início da Copa do Mundo na Rússia, um medo assombra os brasileiros: será que a Seleção continuará forte caso Neymar não se recupere a tempo? Em 2014, na Copa do mundo realizada no Brasil, o camisa 10 da seleção brasileira sofreu uma lesão que o tirou do jogo da semifinal contra a Alemanha, e o time ficou totalmente desestabilizado, culminando no inesquecível 7x1. Naquele ano, a seleção Alemã, mesmo sem ter um grande nome, foi a campeã do Mundial no Brasil.

É claro que nenhum time gosta de perder uma de suas estrelas prestes a estrear um campeonato, mas isso não pode ser motivo para destabilizar um time. É sabido que Neymar esta entre os cinco melhores jogadores do mundo, e com seu futebol moderno é muitas vezes o destaque individual, primordial para a conquista de resultados, como nas atuações de Cristiano Ronaldo no Real Madri.

Mas ao mesmo tempo um time não pode ser dependente de uma única estrela. E parece que aprendemos com os erros do passado. Com a chegada de Tite ao comando da Seleção, passamos a ter mais organização tática. E os números mostram que isso surtiu efeito. Sem a presença de Neymar, a seleção comandada por Tite venceu três e perdeu um jogo. Já com a presença dele vencemos dez e sofremos três empates. Isso mostra uma certa estabilidade no time, uma vez que o 4 x 1 x 4 x 1 é mantido, com Willian titulas e Philippe Coutinho, jogando pelo lado esquerdo. 

 

VALEU BRASIL. NOS VEMOS EM 2014.
"VALEU BRASIL. NOS VEMOS EM 2014." by Antonio Thomás Koenigkam Oliveira (CC BY 2.0)

 

Mas ainda não é possível afirmar que Neymar esta fora da Copa. Ainda restam alguns meses para o início do Mundial na Rússia e a comissão técnica ainda não tem o time escalado e está analisando os nomes que deverão ser convocados. 

Apesar de a Alemanha ser apontada como a grande favorita ao titulo,  uma vez que, além de ser a atual campeã do mundo, a seleção alemã venceu também recentemente a Copa das Confederações, o Brasil vai a Rússia no embalo do seu primeiro título em Olimpíadas  conquistado durante o Rio 2016.

Para Carlos Alberto Parreira, maior treinador de seleções em Copas do Mundo (seis no total), o time está pronto. Ele afirma que a seleção tem apenas que chegar e jogar e assim despontar como uma das favoritas ao título e elogia Tite, afirmando que o treinador fez um fabuloso processo de recuperação e reconstrução da  auto estima do jogadores.

E torcidos de todo o mundo parecem concordar com a opinião de ex-técnico. Basta ver que o Brasil, ao lado da Alemanha, aparece como a grande favorita ao título nas casas de apostas. Segundo a Bumbet por exemplo, a Alemanha tem 18.2% de chances de vencer o Mundial - exato mesmo número para o Brasil. França e Espanha aparecem em terceiro e quarto lugar, com 13.3% cada seguidas pela Argentina, com 10% de chances.

Agora é só esperar a convocação final e o início do Mundial para termos a certeza que superamos de vez o fiasco do Brasil 2014. 

 

Da Redação

Tags:
Imprimir