Cidadeverde.com
Política

Margarete diz que partidos erram ao discutir chapa sem ouvir as mulheres

Imprimir

No meio de uma disputa que pode custar a paz na base aliada ao governo às vésperas da campanha eleitoral, Margarete Coelho voltou a defender nesta terça-feira (15), a permanência do seu partido com a vaga de vice. Segundo ela, é um erro os partidos discutirem uma chapa sem consultar as mulheres.

"O que o Progressistas tem pedido é a  nossa manutenção na vaga de vice. Nós conquistamos essa vaga em um projeto de Piauí  que nós idealizamos em 2014. O eleitor do Piauí confiou em nosso nome. Volto a dizer: é um grande equívoco quando se acha que pode se fazer chapa sem conversar com as mulheres. Não é mi mi mi. É a realidade que algumas pessoas não estão vendo. Os partidos não se habituaram a dialogar com as  diversas conformações da sociedade", declarou em entrevista  à TV Cidade Verde.

Margarete disse que os partidos não podem fingir que a situação mudou. "Antes as chapas eram discutidas numa espécie de jardim secreto. Se reuniam as lideranças, os grandes caciques dos partidos políticos e ali combinavam quem ocuparia o que. Eles faziam uma divisão e depois comunicava à sociedade e aos demais filiados. Esse momento mudou. Os partidos políticos não podem fingir que não estão vendo que mudou, se não teremos um preço a pagar", explicou.

A vaga de vice na chapa do governador Wellington Dias é sonhada, além do Progressistas, por partidos como o MDB e o PSD. No  MDB, o nome já posto é o do deputado estadual Themístocles Filho. "As conversas são perenes, são de todos os dias e fazem parte dos partidos. Esse é o momento de os partidos sentarem", disse.

Foto: Yala Sena

Antes de partir para a chapa majoritária, Margarete também defende que a base seja pacificada, já que as coligações proporcionais têm causado desentendimentos. 

"Temos que primeiro pacificar a base e depois da chapa proporcional organizada nós teremos tranquilidade de sentar à mesa e ver diante do cenário que se formou na chapa proporcional, qual é a melhor chapa majoritária, a que contemple os blocos", finalizou.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Imprimir