Cidadeverde.com
Últimas

Teresina tem infestação de potó; saiba como se proteger

Imprimir

É só acabar o período chuvoso que o tão temido bichinho aparece: o potó. Em Teresina, os casos de queimaduras pelo insetos são comuns e a grande infestação se deve ao calor. Para diminuir a incidência do inseto, vale algumas dicas como desligar as luzes da casa ou trocá-las por lâmpadas amarelas, bem como instalar telas nas janelas e gerenciar os resíduos sólidos, pois os insetos se alimentam de matéria orgânica em decomposição, seja de origem vegetal ou animal. 

O dermatologista Lauro Rodolpho explica que a queimadura é provocada por uma secreção liberada pelo potó.

"Na verdade não é uma mijada de potó, mas uma secreção que ele libera quando é agredido. Essa secreção é extremamente prejudicial e em contato com a pele causa intensa inflamação que a gente chama de dermatite. Existem vários graus, alguns parecem até queimaduras", explica o médico. 

Em casos de lesões leves ou queimaduras por potós, a recomendação é evitar substâncias caseiras que podem piorar a situação. 

"O tratamento varia de acordo com o caso. Substâncias caseiras podem piorar a lesão. O recomendável é usar pomadas de corticoide, água boricada, sulfadiazina de prata, por exemplo", orienta o dermatologista.

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir