Cidadeverde.com
Esporte

Corinthians sai atrás, se recupera e empata com o Cruzeiro em amistoso

Imprimir

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

 

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

Corinthians e Cruzeiro não saíram de um empate por 2 a 2 nesta quarta-feira (11), em duelo amistoso, no Itaquerão, em São Paulo. Henrique e Rafael Sóbis marcaram para os mineiros. Paulo Roberto e Pedrinho igualaram o marcador.

O Cruzeiro retorna aos gramados na próxima segunda-feira (16), às 20h (de Brasília), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. A partida de ida foi vencida pelos mineiros por 2 a 1.

O Corinthians, por sua vez, entra em campo na próxima quarta-feira (18), às 21h45 (de Brasília), diante do Botafogo. O duelo é válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O destaque da partida foi Rafael Sóbis. Improvisado no comando de ataque, ele tem feito jus ao respaldo de Mano Menezes. O camisa 7 deu assistência para o gol de Henrique e balançou a rede de Cássio no amistoso ocorrido na noite desta quarta-feira. No lance que culminou no tento do volante, ele cobrou escanteio e o camisa 8 apenas desviou. Em seu gol, ele aproveitou um cruzamento de Rafinha para marcar de cabeça.

O pior foi Danilo Avelar. Escalado como lateral esquerdo, ele não fez uma boa partida. O jogador deu brechas no setor defensivo e pouco contribuiu no ataque durante o jogo ocorrido na noite desta quarta-feira (11). Ele foi o pior nome em campo no amistoso.

O volante Henrique voltou a balançar as redes com as cores do Cruzeiro. O camisa 8 aproveitou um cruzamento de Rafael Sóbis em escanteio e desviou de cabeça para estufar a rede de Cássio, aos 15min. Este foi o seu segundo gol na temporada. Antes, ele havia marcado diante do Atlético-PR, em duelo válido pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Logo depois, o time mineiro ampliou. Aos 23min, após cruzamento da direita, Sóbis acertou o canto esquerdo de Cássio, que se esticou em seu primeiro jogo após a volta ao time e não encontrou nada.

O Corinthians descontou ainda antes do intervalo. Paulo Roberto fez o seu primeiro gol pelo time paulista em um momento de oportunismo. Após cruzamento da esquerda, ele acompanhou bem a jogada pelo outro lado e, ao invadir a área, escolheu o canto esquerdo de Fábio para chutar e marcar, aos 37min.

O segundo tempo teve até um momento que não parecia um amistoso disputado por paulistas e mineiros. Roger caiu após dividida com Fábio, e a arbitragem assinalou pênalti no camisa 9. O lance causou revolta no time do Cruzeiro, que cercou o juiz fazendo reclamações. Jadson desperdiçou a cobrança.

Mas ainda havia tempo para o Corinthians igualar. Presente em 23 jogos do Corinthians em 2018, sendo 11 como titular, Pedrinho foi acionado aos 31 minutos do segundo tempo e causou o maior alvoroço nas cadeiras do estádio. Ele balançou as redes adversárias sete minutos depois em uma bela jogada de Marquinhos Gabriel.

CORINTHIANS
Cássio; Mantuan (Paulo Roberto), Henrique, Pedro Henrique e Danilo Avelar (Juninho Capixaba); Gabriel (Léo Santos), Renê Júnior (Jadson) e Rodriguinho (Rodrigo Figueiredo); Ángel Romero (Marquinhos Gabriel), Mateus Vital (Pedrinho) e Matheus Matias (Roger). T.: Osmar Loss
CRUZEIRO
Fábio; Edilson (Lucas Romero), Dedé (Murilo), Léo e Egídio (Marcelo Hermes); Henrique (Ezequiel), Lucas Silva (Ariel Cabral), Thiago Neves e Robinho (Bruno Silva); Rafinha (Patrick Brey) e Rafael Sóbis (David). T.: Mano Menezes
Local: Arena Corinthians, em São Paulo
Cartão amarelo: Edilson (Cruzeiro)
Gols: Henrique, aos 15min, e Rafael Sóbis, aos 23min do primeiro tempo (Cruzeiro); Paulo Roberto, aos 37min do primeiro tempo, e Pedrinho, aos 38min do segundo tempo (Corinthians)
Imprimir