Cidadeverde.com
Geral

Pais de bebê que morreu asfixiado são indiciados por homicídio e abandono

Imprimir

O inquérito da Polícia Civil que investiga a morte de um bebê de quatro meses em Teresina foi concluído e o relatório será remetido à Justiça até esta sexta-feira (03). Os pais da criança, Ivanilson Oliveira Diniz e Alice Jovem de Souza, foram indiciados por homicídio doloso e por abandono de incapaz.  Laudo do Instituto Médico Legal (IML) constatou que o bebê morreu por asfixia causada pelo leite após ter sido deixado em casa com os irmãos menores de idade. 

"Eles foram indiciados por homicídio doloso por que assumiram o risco da morte ao deixarem um bebê de cinco meses e saírem. Já pela negligência com os irmãos do bebê que também são crianças e ficavam sozinhos na casa, os dois vão responder por abandono de incapaz", explica Juciêr Santos, delegado adjunto da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). 

As penas previstas para os crimes cometidos pelo casal somam mais de 20 anos. Os dois respondem em liberdade. Contudo, o delegado explica que, caso descumpram alguma das medidas cautelares impostas pela Justiça, podem ser presos novamente. 

"Eles têm uma série de restrições como não sair à noite, não frequentar bares, não se ausentar sem autorização judicial, entre outras medidas. Se descumprirem, podem ser presos", disse o delegado. 

Os outros filhos do casal têm idades de 2, 7 e 10 anos e estão em um abrigo.


Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir