Cidadeverde.com
Política

Haddad pede ajuda ao PSOL para combate a fake news

Imprimir

Foto: Agência Brasil

CATIA SEABRA E MARINA DIAS
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, pediu apoio ao PSOL para o combate à disseminação de notícias falsas contra ele nas redes sociais, as chamadas fake news.

Em reunião com os dirigentes do partido na tarde dessa terça-feira (9), Haddad afirmou que a proliferação de notícias falsas é uma das principais ameaças à sua candidatura.

Um grupo de militantes do PSOL se reuniu nesta tarde para discutir antídotos contra fake news. Recém-eleito deputado pelo PSOL do Rio, Marcelo Freixo admitiu, no entanto, não saber como ajudar.

Na conversa, ele lembrou ter sido vítima da divulgação de notícias falsas durante a disputa pela Prefeitura do Rio. Uma delas foi a distribuição de uma gravação falsa, em que seu imitador informava a intenção de trocar o sexo das crianças nas escolas da cidade.

Após o encontro, o PSOL oficializou o apoio a Haddad na disputa presidencial. O candidato derrotado do PSOL, Guilherme Boulos, declarou apoio integral a Haddad.

"É uma encruzilhada entre a democracia e o autoritarismo, entre a civilização e a barbárie, entre a defesa dos direitos e a destruição dos direitos sociais", disse.

Nesta quarta-feria (10), Haddad deverá se reunir com dirigentes do PSB. É esperada uma reunião com Ciro Gomes na quinta-feira (11).

Imprimir