Cidadeverde.com
Esporte

Na apresentação, Levir vê Atlético-MG aquém do que pode fazer em 2018

Imprimir

THIAGO FERNANDES
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Levir Culpi foi apresentado na tarde desta quinta-feira (18) como novo treinador do Atlético-MG. Em sua primeira entrevista pelo clube, o técnico reforçou que a sua chegada é visando a temporada que se aproxima e alegou que vê a equipe aquém do que pode apresentar.

Foto - Bruno Cantini- Atlético-MG

Logo em sua primeira resposta, o novo comandante do Atlético já abordou dois temas importantes. Perguntado sobre a situação da equipe, deixou claro que vê os atletas abaixo do que podem oferecer. Por outro lado, já deixou claro que pretende armar o elenco para 2019.

"O Atlético tem um elenco que considero bom, bons atletas. Não é um elenco pequeno. O Atlético ficou aquém do que pode oferecer, mas ficou aquém por quê? Eles podem oferecer mais que isso. Esse período é importante para conhecê-los e tomar decisões para a temporada que vem", comentou.

"Você começa a pré-temporada com espírito diferente. Juntos, mais uma vez, vamos virar isso aqui. O Atlético vai voltar a aumentar o número de pessoas que frequentam os hospitais de BH", acrescentou.

Perguntado sobre o motivo de sua volta à Cidade do Galo antes mesmo da demissão de seu antecessor, Levir colocou a responsabilidade na diretoria.

"Sabe quantas vezes já fui demitido? Imagina quantas vezes já fui demitido com o dirigente conversando com outro técnico. Coloque-se no lugar do Thiago. Eles têm que saber se vou aceitar ou não o convite. Eles me chamaram dizendo que o Thiago seria demitido. Dezenas de vezes, isso já aconteceu comigo. 

Eles me chamaram pensando no ano que vem. O Thiago fez um bom trabalho. É uma questão da diretoria, não minha. Ninguém me pergunta se quero ou não sair, o cara vem e demite. É triste, é duro, mas é a realidade", comentou.

E o que Levir projeta para melhorar os resultados obtidos por Thiago Larghi? O técnico ainda não sabe, até porque não conhece o elenco que terá à disposição a partir desta quinta-feira.

"Assisti a poucas partidas do Atlético. Eu tenho pouco conhecimento do elenco. Quero assisti-los nos treinamentos para ver a capacidade dele, inclusive para avaliar a capacidade deles e o esquema tático", concluiu.

Imprimir