Cidadeverde.com
Geral

Primeira etapa do Enem 2018 inicia no Piauí para mais de 100 mil estudantes

Imprimir
  • dirceu6.jpg Catarina Malheiros
  • dirceu7.jpg Catarina Malheiros
  • dirceu5.jpg Catarina Malheiros
  • dirceu4.jpg Catarina Malheiros
  • dirceu3.jpg Catarina Malheiros
  • dirceu2.jpg Catarina Malheiros
  • dirceu1.jpg Catarina Malheiros

Atualizada às 12h03

Foram abertos às 11h no Piauí e fechados às 12h, os portões dos locais de prova para a realização da primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No Estado, 119 mil estudantes fizeram inscrição. No campus da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), no bairro Pirajá, centenas de alunos chegaram  cedo para garantir logo a vaga na sala de aula. 

O fechamento dos portões foi tranquilo com 3 alunos chegando nos últimos minutos. Não houve tumulto. Faltando um minuto para o portão fechar, um dos estudantes que já estava dentro da Uespi saiu do local aparentemente chateado, mas não quis falar com a imprensa. Ele aguardou do lado de fora a chegada de uma carona e deixou o campus por volta das 12h05. Alguns carros chegaram após o horário previsto, mas ninguém desceu para tentar entrar no local de prova.

Ao todo, 35 municípios do estado aplicarão o exame. As informações são da Secretaria Estadual de Educação (Seduc). No país inteiro, mais de 5 milhões de estudantes serão submetidos ao Enem deste ano.

Essa etapa inclui as provas de Ciências Humanas (45 questões de geografia, história, filosofia e sociologia) e Linguagens e Códigos (45 questões de língua portuguesa, literatura e língua estrangeira, podendo ser inglês ou espanhol, a depender do que o candidato escolheu no momento da inscrição), além da redação (um texto de prosa dissertativo-argumentativo). No segundo domingo é a vez das provas de Ciências da Natureza (45 questões de biologia, química e física) e Matemática (45 questões).

O jovem Fransuan Franco, de 16 anos, tenta o Enem pela primeira vez apenas como treinamento. Ele está no 1º ano do ensino médio e sua preocupação  é se familiarizar com as provas, especialmente a redação. Aluno de escola pública, o garoto sonha em cursar medicina. Ele chegou à Uespi acompanhado do pai, o Policial Militar Pedro Franco.

Foto: Catarina Malheiros

"Eu vim treinar para fazer o próximo ano. Quero muito fazer medicina para cuidar das crianças. Estou me preparando muito mesmo sendo só um treino", disse.

O pai (foto abaixo), orgulhoso, afirma que o filho sempre foi um bom aluno. "Ele é de escola pública, mas estuda muito todos os dias. Eu vim com ele para dar   força e incentivar, pois acredito que ele tem futuro. Eu sempre disse que, se ele quer medicina, tem que começar a estudar muito cedo", declarou.

Aos 45 anos, Marcilio Santos tenta o Enem pela 4ª vez na esperança de cursar o ensino superior. Ele é servidor público e pretende dar uma guinada na carreira.

"Dessa vez é pra valer", afirmou.

O trânsito flui normalmente em frente ao local de aplicação das provas e os comerciantes aproveitam para vender água, dindin, chocolate e canetas. 

Flash Jordana Cury
Hérlon Moraes (Da Redação)

Tags: Enem
Imprimir