Cidadeverde.com
Viver Bem

Comer muito rápido pode aumentar a barriguinha e risco de doença cardíaca

Imprimir

Comer muito rápido pode aumentar a barriguinha assim como o risco de doença cardíaca, diabetes e derrame, de acordo com uma nova pesquisa. O estudo focou na relação entre comer rápido e a incidência de síndrome metabólica, a qual é o nome coletivo dado aos cinco fatores de risco: hipertensão, triglicerídeos altos, açúcar alto no sangue, baixos níveis de HDL (colesterol "bom") e cintura larga.

No geral, comer rápido está associado com maior ganho de peso, altos níveis de açúcar no sangue, altos níveis de LDL e cintura maior. Pessoas que comem assim são duas vezes mais propensas a desenvolver síndrome metabólica do que os seus pares que comem normal.

Mais especificamente, elas têm 11,6% mais chance de desenvolver os fatores de risco, comparadas com 6,5% de chance daquelas que comem no tempo adequado. Ao mesmo tempo, pessoas que comem mais devagar têm apenas 2,3% de chance de desenvolver síndrome metabólica.

Comer com consciência e com calma também ajuda com a saciedade, digestão e absorção dos nutrientes, melhorando assim a saúde geral e auxiliando no controle do peso corporal e na perda de gordura.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir