Cidadeverde.com
Últimas

Professores trabalharão competências socioemocionais de alunos

Imprimir

A Secretaria Municipal de Educação (Semec), em parceria com o Instituto Ayrton Senna, está realizando formação sobre as Competências Socioemocionais para 100 professores que atuam com turmas do 4º ano do Ensino Fundamental.

A capacitação está acontecendo no Centro de Formação Professor Odilon Nunes e divide-se em três módulos presenciais, com o primeiro sendo realizado nesta quarta-feira (12), e os demais acontecerão em 2019. Os professores também participarão de aulas semipresenciais através de uma plataforma online.

De acordo com a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), uma das principais ações é preparar os alunos de forma integral, trabalhando todas as competências necessárias para que eles possam enfrentar os desafios do século 21. Para que o professor possa trabalhar melhor essas habilidades socioemocionais com os estudantes, é necessário que eles desenvolvam suas próprias competências.

“Hoje está acontecendo formação com o primeiro módulo, que trata da sensibilização dos professores. O foco principal é trabalhar a educação integral dos alunos e para isso é necessário que os professores estejam preparados através de suas competências socioemocionais. Este é um grande projeto de pesquisa, baseado no novo cenário da nova Base Comum Curricular. Teresina, por se mostrar em destaque em proficiência, foi escolhida para ser a sede piloto. Nossas expectativas são as melhores”, explica Celina Lira, coordenadora executiva da reformulação do Novo Currículo de Teresina e multiplicadora da formação dos professores em habilidades socioemocionais.

Foto: Divulgação/Semec

Neuma Lopes, gerente de Projetos do IAS, destaca que a ideia de capacitar os professores surgiu a partir de um estudo científico que mostra que essa é uma parte importante a ser realizada nas formações de professores.

“Diante do resultado da pesquisa foi realizado um estudo sobre a importância de criar e estruturar um projeto que pudesse ser implantado nas Redes de Educação. Teresina foi escolhida como piloto nessa ação, primeiramente, por estar se destacando com a qualidade do ensino, e por ser um município que acolheu a ideia para iniciarmos os trabalhos. Iremos trabalhar com várias competências, como por exemplo, uma comunicação mais afetiva. Assim, preparando o professor para desenvolver suas próprias competências, ele estará mais pronto para desenvolver no aluno. Isso irá impactar nos resultados”, conclui.

Da redação
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir