Cidadeverde.com
Política

Themístocles se reúne com Marcelo Castro e defende votos livres na eleição da Alepi

Imprimir

Fotos: Roberta Aline

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themístocles Filho (MDB), reuniu apoiadores na manhã desta quarta-feira (09) na presidência da Casa. Ao lado do presidente do MDB, senador Marcelo Castro, Themístocles fez um desabafo e disse não ter mágoas do governador.

"O ideal é o consenso, mas como o Marcelo Castro disse, o remédio para alguns problemas deve ser o voto. Se fosse assim o governador só tinha um concorrente, presidente um, para deputado só tinha 30 candidatos. As coisas acontecem com naturalidade. Não tenho queixa nenhuma da eleição passada. Não tenho queixa do governador, do secretário de Fazenda, de A, de B e C que encamparam uma candidatura do partido deles. Eu achei mais que natural", disse Themístocles.

Ele lembra que já votou contra o governador no passado. Mesmo assim, disse que nunca prejudicou o Estado.

"Há quatro anos atrás o MDB tinha um candidato a governador . Votei nesse candidato. Foi para o embate, graças a Deus o deputado Themistocles venceu e nem por isso criei problema para o estado do Piauí , ao contrário, ajudei em tudo que o governador precisou", afirmou o atual presidente da Alepi.

Themistocles defende que os deputados fiquem livres para votar no candidato que desejarem.

"Se o MDB votou no governador e o outro colega também, se não encontramos um entendimento, deixa os colegas decidirem livremente", sugere.

"Estive viajando e só cheguei ontem em Teresina. Esse momento é para me atualizar", declarou Marcelo Castro.


 

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir