Cidadeverde.com
Geral

Novo Hospital Infantil terá heliponto e 218 leitos para jovens e crianças

Imprimir

Foto: Google Maps

O Hospital Infantojuvenil, que substituirá o atual Hospital Infantil Lucidio Portela, terá edifício com heliponto. O projeto será apresentado ao governador Wellington Dias nesta segunda-feira (14) e será executado através de uma Parceria Público-Privado (PPP). Segundo o governo, além desta inovação, o hospital terá biblioteca, sala de aula (incluindo sala para acompanhamento escolar), auditório, brinquedoteca, lanchonete e solário. Na área de assistência à saúde, a unidade de saúde sairá de 86 para 218 leitos.

Além do governador, a Superintendência de Parcerias e Concessões (SUPARC) apresentará o projeto a membros do Conselho Gestor. Com gestão prevista de 20 anos, os estudos para esse projeto foram iniciados em 2017 e sendo aprovados pelo CGP serão submetidos a diálogo público e licitação. 

"O projeto de PPP do Novo Hospital Infantil, que substituirá o atual, depende da aprovação do conselho e vai ser submetido à análise de varias entidades do segmento de saúde. O certo é que, conforme a orientação do governador, esse novo equipamento vai melhorar as condições de trabalho dos profissionais de saúde que trabalham no hospital infantil e a proposta é ampliar o atendimento para incluir os adolescentes até 18 anos de idade", explica Viviane Moura, Superintendente de Parcerias e Concessões.

A PPP do Hospital Infanto Juvenil prevê que a concessionária deve fornecer todo o corpo de serviços não-assistenciais (os chamados bata cinza) e deixa a cargo do Estado os serviços assistenciais referente ao corpo clínico do hospital (bata branca).

"A parceria público-privada para a construção, operação e manutenção do Novo Hospital Infantil do Piauí prevê a implantação de uma nova infraestrutura para o atendimento hospitalar de crianças e adolescentes do Estado do Piauí, assim, o hospital passaria a ser Infanto juvenil, o primeiro nessa modalidade em todo o Estado", informa o Governo do Estado.

Na semana passada, o Conselho Regional de Medicina (CRM-PI) classificou como "arcaica" a fiação elétrica do Hospital Infantil Lucídio Portela em vistoria realizada na quarta-feira. Durante a fiscalização, o CRM-PI também verificou que os problemas de infiltração continuam. A vistoria ocorreu em meio a reforma emergencial por qual passa o hospital, após uma recomendação do Ministério Público do Piauí (MPPI). 

Hérlon Moraes (Com informações da Ccom)
herlonmoraes@cidadeverde.com

Imprimir