Cidadeverde.com

Musculação: cuidados e benefícios da atividade para os adolescentes

Imprimir

Foto: Pixabay/ fotos gratis


Em evolução constante, a medicina e fisiologia do esporte têm elucidado o efeito da atividade física em crianças e adolescentes. Para os pais, a principal dúvida ainda é se o trabalho com pesos atrapalha o desenvolvimento e o crescimento do jovem. A verdade é que não existe problema algum em liberar a academia para os adolescentes – a atividade ajuda, inclusive, a evitar possíveis lesões causadas por esportes.

Há casos de jovens, por exemplo, que apresentam precocemente problemas musculares e ósseos em algumas regiões do corpo por causa do impacto das atividades físicas consideradas inofensivas, como futebol, bicicleta e skate. Por isso, de forma controlada, é recomendada a musculação.

Limites 

Assim como ocorre com qualquer adulto que frequenta uma academia, o adolescente, claro, deve respeitar os limites e características do seu corpo. É muito importante não ultrapassar a carga indicada para tamanho e peso. E os pais precisam ficar atentos.

Os pesos devem ser leves no começo e conforme esse adolescente for treinando, os pesos irão aumentando. Isso se chama progressão de cargas.  No início do treinamento, nosso corpo está em fase de adaptação.

Mulheres

As meninas possuem uma maior dificuldade para aumentar a massa muscular, pela menor produção de testosterona (um dos hormônios responsáveis pelo aumento de massa muscular). Elas podem conseguir o corpo desejado, mas o processo é mais longo do que para os homens. Exercícios de simples execução de movimentos e dinâmicos são os mais recomendados

Recomendações

Praticar musculação com um parceiro de treino é mais motivacional, especialmente para um adolescente. E por último, ter paciência. O aumento de carga nos exercícios e de massa muscular virá com o tempo.

Enfim, o treino de força quando bem prescritos e bem executados auxiliam o adolescente a ter uma melhor composição corporal, incorporar a atividade física no dia a dia, alimentar e dormir melhor e ficar longe de hábitos nocivos.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais