Cidadeverde.com
Geral

Chuva faz seis barragens do Piauí atingirem a capacidade máxima

Imprimir

Foto: Reprodução/TV

As fortes chuvas que caem no Piauí já fizeram seis açudes atingirem a capacidade máxima. Três pertencem ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas - DNOCS. São eles: Caldeirão e Anajás, ambos em Piripiri, e o açude de Campo Maior. 

Dos açudes que estão sob responsabilidade do governo do Estado já sangraram o de Piracuruca, um dos maiores do Piauí; Emparedado, em Campo Maior, e Mesa de Pedra, na região de Valença. 

O volume na barragem de Mesa de Pedra impressiona. A água que cai do paredão com destino ao rio Sambito já alagou o complexo turístico que fica logo abaixo. Bares e restaurantes foram tomados pela água. 

Segundo o diretor do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Geraldo Magela, os bares foram construídos no canal do sangradouro da barragem de forma irregular e sem autorização. “Já foram notificados e são cientes que estão irregular”, informou.

Magela garantiu que a situação das barragens do órgão – no caso Mesa de Pedra e Emparedado, estão estáveis.

"As chuvas estão concentradas na região Norte. De responsabilidade do IDEPI estão sangrando Mesa de Pedra e Emparedado e a situação é estável". afirmou.

Luis Correia

Em Luis Correia, pelo menos seis bairros estão de baixo d’água. O prefeito Kim do Caranguejo informou que deve decretar estado de calamidade nas próximas horas. O número de desabrigados ainda está sendo levantado pela prefeitura.

Os bairros mais atingidos são Campos, Cearazinho, Santa Luzia, Nossa Senhora da Conceição, parte do Coqueiro da Praia e o bairro Beira Mar.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Imprimir