Cidadeverde.com
Viver Bem

Entenda como o iodo realiza trabalho essencial para o corpo

Imprimir

Foto: Pixabay/ fotos gratis

Apesar de ter "apenas" uma função específica, o iodo é um micronutriente que realiza trabalho essencial para o corpo: a síntese dos hormônios tireoidianos. Ou seja, esse mineral, encontrado no solo e em proporções variadas, auxilia a glândula tireoide, localizada no pescoço e que pesa entre 15 e 25 gramas no adulto. Ela é a responsável por produzir hormônios fundamentais ao equilíbrio do organismo e à manutenção de uma vida saudável.

Esses hormônios, por sua vez, têm dois importantes papéis: atuam no crescimento físico e neurológico e na manutenção do fluxo normal de energia (metabolismo basal, principalmente na temperatura do corpo), sendo imprescindíveis para o trabalho de vários órgãos como o coração, fígado, rins e ovários. Por isso, incorporar o iodo à alimentação é muito importante.

Assim como o ômega 3, a sua deficiência acarreta consequências graves para o desenvolvimento intelectual das crianças. Já para os adultos pode provocar situações como depressão, problemas de pele, queda de cabelo, infertilidade, entre outras consequências

Alimentos sugeridos:

Algas marinhas: são fontes riquíssimas de iodo e ainda oferecem uma quantidade considerável de selênio, nutrientes fundamentais para a produção de hormônios pela tireoide

Peixes: O iodo existente na água salgada do mar e que é absorvido pelos peixes que vivem nela é um micronutriente indispensável ao bom funcionamento da tireoide.

Óleo de peixe: Assim como as algas, o óleo de peixe também é rico em iodo. As melhores opções são: salmão, sardinha e atum. O nutriente também pode ser encontrado em opções vegetais, como a chia e a linhaça.

Leite e derivados: Cálcio, vitaminas D e A e iodo são os principais nutrientes presentes no leite. A quantidade diária recomendada é de três porções, podendo ser um copo de leite no período da manhã, um iogurte à tarde e duas fatias de queijo branco no fim do dia

Gema do ovo: A quantidade de iodo presente no alimento também é importante para a produção de hormônios pela tireoide. Além disso, a gema apresenta carotenoides (responsáveis pela cor amarelo alaranjada), também importante para a glândula.

Morangos: Uma das poucas frutas com grande quantidade de iodo. Uma xícara de morangos contém 12,96 microgramas de iodo.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir