Cidadeverde.com
Geral

Escoteiros farão ação social em escola pública da capital

Imprimir

Foto: Movimento escoteiro / divulgação

Estudantes de todo o país terão a oportunidade de interagir com crianças, adolescentes e jovens do Movimento Escoteiro em atividades educativas. Chegando a terceira edição em 2019, o Educação Escoteira - projeto dos Escoteiros do Brasil - apresentará inúmeras atividades integrando alunos de instituições de ensino e escoteiros em uma grande ação de impacto social. 

Em Teresina, o Grupo Escoteiro Padre Homero participa da 3° Educação Escoteira, que vai acontecer na Escola Nair Gonçalves, localizada na Rua Gilbués, bairro São Pedro, no dia 08 de junho, das 07:30 às 11:00. 

Por meio da vasta experiência com atividades educativas de forma lúdica, alegre e atraente, o Escotismo oferece com o Educação Escoteira um conjunto de ações que colocarão os estudantes em contato com o que é proposto pela Base Nacional Comum Curricular. A ideia é apresentar experiências práticas e variadas, que integrem crianças, jovens e adolescentes, sendo um auxílio para a compreensão e assimilação do conteúdo. 

Entre as atividades, destacam-se inicialmente uma canção (atuando em um desenvolvimento social); pinturas e produção de cartazes; jogo para desenvolvimento intelectual; estudo da origem dos alimentos e outro jogo para finalizar a programação. 

A ação será simultânea em diversas cidades de todos os estados do Brasil. O potencial do Educação Escoteira é de alcançar mais de 1.200 estabelecimentos de educação com o propósito de beneficiar a sociedade de forma sustentável, preocupados com a formação de cidadãos conscientes e comprometidos com um mundo melhor – principal missão do Movimento Escoteiro.

A chefia do Grupo Padre Homero reforça: "O Projeto Educação Escoteira é uma excelente alternativa para alunos do nosso município aprenderem conceitos cotidianos através do Método Escoteiro. E para os membros do movimento, que estarão interagindo com esses alunos, é uma oportunidade de fazer o bem, compartilhar o conhecimento que possui e ampliar a relação outros jovens, formando uma cadeia de aprendizagem e valores morais".

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir