Cidadeverde.com
Entretenimento

"Levaria uma bala por vocês'", diz Lady Gaga em discurso a gays

Imprimir

Foto: Reprodução Instagram/@ladygaga

A cantora Lady Gaga, 33, apareceu de surpresa na celebração de 50 anos da Rebelião de Stonewall, quando gays, lésbicas e transexuais entraram em confronto com policiais que proibiam o amor livre e criminalizavam a opção sexual, em 1969. Na passeata, Gaga disse que tomaria um tiro por eles e reforçou que é bissexual.

"Eu gosto de garotas, às vezes. Espero que vocês celebrem cada parte de quem vocês são hoje. Eu vou continuar a lutar todos os dias durante shows e, mesmo quando não estou no palco, para disseminar uma mensagem bem simples: seja bom", disse.

A artista também agradeceu ao público LGBTQ pelo apoio de sempre e por terem ajudado a alavancar a carreira dela. "Eu levaria uma bala por vocês. Estou muito emotiva. Essa comunidade lutou e continua a lutar uma guerra por aceitação e tolerância com a bravura mais implacável. Vocês são a definição de coragem", disse.

Lady Gaga se coloca como uma voz importante na luta contra o preconceito. "Embora tenhamos feito um tremendo progresso, nos encontramos em um momento no qual ataques à comunidade trans estão crescendo diariamente. Não vou tolerar isso. Todos nós seguimos juntos para mudar o sistema de uma opressão extrema. Eu sei que vocês não vão parar. Vocês nunca vão desistir. Vocês não recuam. Vocês não se envergonham. Sejam corajosos e abracem o legado de Stonewall", encerrou, levando o público ao delírio.

Fonte: Folhapress 

Imprimir