Cidadeverde.com
Política

Se está sendo criticado, é sinal de que é a pessoa adequada, diz Bolsonaro sobre Eduardo

Imprimir

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) rebateu nesta segunda-feira (16) as críticas recebidas pela indicação do filho Eduardo à embaixada do Brasil nos Estados Unidos e afirmou que isso significaria que a escolha feita foi acertada.

"Se está sendo tão criticado, é sinal de que é a pessoa adequada", afirmou, em sessão solene no plenário da Câmara dos Deputados em homenagem ao aniversário do Comando de Operações Especiais do Exército Brasileiro.

Na última quinta (11), o presidente anunciou a intenção de indicar Eduardo, deputado federal, ao posto.

Segundo ele, o filho fala inglês com fluência, tem boa relação com a família do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e "daria conta do recado perfeitamente".

Bolsonaro participou hoje (15) de uma sessão solene, na Câmara dos Deputados, em homenagem aos 17 anos do Comando de Operações Especiais do Exército Brasileiro. “Feliz é a nação que tem Forças Armadas e forças auxiliares comprometidas com a democracia e a liberdade, mesmo com o sacrifício da própria vida ou com a destruição da própria reputação. Pagamos para que nosso Brasil tenha um povo que possa servir seu destino e a esse povo devemos nossa absoluta lealdade”.

Ele destacou a atuação das forças especiais na “missão de bem zelar pelo país”. “Sabemos que grande parte das missões ninguém toma conhecimento. Melhor do que uma boa informação é saber como utilizá-las, melhor que uma boa operação é ter meios distração para que o inimigo não ouse nos afrontar”.
 

Fonte: Folhapress e Agência Brasil

Imprimir