Cidadeverde.com
Últimas

Preso suspeito de "vazar" no Whatsapp operação contra tráfico de drogas

Imprimir

Foto: Letícia Santos/Cidadeverde.com


Delegado Cadena Júnior

A segunda fase da Operação Bambu, da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), resultou na prisão de Caio Gabriel Aguiar de Sousa, 18 anos. O jovem foi preso preventivamente na manhã desta sexta-feira (23) na região da Praça do Bambu, no bairro Dirceu II, zona Sudeste.

Caio é suspeito de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Na  Operação Bambu I, que aconteceu no dia 5 de julho, o jovem estava na casa onde foram encontradas porções de maconha, skank [supermaconha], crack e cocaína. Na ação, um primo de Caio, identificado como Wilberson Vieira de Sousa ,30 anos, assumiu para a polícia que toda era dele e Caio acabou não sendo preso.

Segundo o delegado Cadena Júnior, coordenador da Depre, no decorrer da investigações, a polícia descobriu que Caio mantinha um grupo no Whatsapp com supostos traficantes da região e chegou a alertá-los sobre a presença policial durante a Operação Bambu I. Ns prints das conversas que estão sob sigilo judicial Caio teria dito para eles "esconderem os flagrantes".

"A gente conseguiu prints de grupos que o Caio participava. No momento que a Depre estava invadindo as casas na Praça do Bambu, algo em torno de seis mandados de busca, e ele ficou mandando recados para grupos de possivelmente traficantes que estão sendo investigados em que ele mandava esconder os flagrantes " que a Depre está batendo aqui em casa" e também repassou informações sobre a operação no momento da prisão do Wilberson. Isso contribui para a prisão de por associação ao tráfico", conta o delegado Cadena.

De acordo com as investigações da Depre, Caio pratica tráfico de drogas na região. Além da prisão dele, a especializada cumpriu dois mandados de busca e apreensão na Operação Bambu II, que foi finalizada hoje.


Izabella Pimentel 
izabella@cidadeverde.com

Imprimir