Cidadeverde.com
Política

Comissão de Saúde da Assembleia denuncia irregularidades em hospitais regionais

Imprimir

Foto: Arquivo/CidadeVerde.com

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Piauí visita os hospitais regionais do Estado. De acordo com o deputado Gustavo Neiva (PSB), a comissão encontrou problemas como servidores com salários atrasos, falta de medicamentos e obras paradas. 

Os parlamentares visitaram os hospitais das cidades de Uruçuí e São Raimundo Nonato. Gustavo Neiva afirma que os pacientes reclamam das condições dos hospitais. 
“Visitamos vários hospitais e os problemas se repetem. São hospitais que tem atraso de pagamento de servidores terceirizados e contratados. Uma infraestrutura bastante precária. Percebemos que a saúde pública não é prioridade no governo. Há reclamação da população e cada região tem seus problemas específicos. Em São Raimundo Nonato há o atraso dos servidores, não tem uma escala fechada, faltam anestesista, obstetras e ortopedistas. Em Uruçuí são quatro meses de salário atrasado dos terceirizados. Há uma reforma de uma Centro Cirúrgico que se arrasta há quatro anos. Funciona apenas a ambulância terapia, ou seja, os pacientes que procuram o hospital são automaticamente transferidos. 

No caso de Uruçuí, o orçamento de R$ 650 mil mensais tem sido insuficiente para bancar as despesas. 

“É um hospital que recebe R$ 650 mil por mês e não consegue pagar em dias os servidores. Queremos saber para onde vai tanto dinheiro. É uma denúncia que já mostramos há muito tempo. Os próprios prefeitos pediram ajuda da bancada. O governador colocou a culpa nas gestões anteriores. Os dois ex-governadores reagiram. Tanto Wilson Martins como o Zé Filho. O governo precisa assumir a responsabilidade e expor o problema para buscar uma solução”, disse.

Lídia Brito
[email protected]

Imprimir