Cidadeverde.com
Esporte

Botafogo tem vitória no TST em caso Willian Arão e aguarda julgamento final

Imprimir

Foto: Botafogo/Instagram

O Botafogo teve uma importante vitória nos tribunais nesta quinta-feira. No primeiro julgamento no TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília, o clube levou a melhor sobre o Flamengo no caso Willian Arão.

Os três ministros que apreciaram o caso entenderam que o Alvinegro tinha razão e o caso será reaberto após o Rubro-negro obter vitória no TRT-RJ. A informação foi divulgada pela Rádio Tupi e confirmada pela reportagem.

Agora, os clubes e o atleta esperam o julgamento final, que poderá ocorrer em até 15 dias. Esse ato poderá reconhecer os direitos do Botafogo, que utilizou uma cláusula contratual para renovar com Arão. O volante, no entanto, preferiu fechar com o Flamengo e deixou o clube de General Severiano sem qualquer ressarcimento.

Contratado em 2015, o Botafogo deveria depositar R$ 400 mil no fim daquele ano para fazer valer a opção de compra do atleta, que estava emprestado pelo Corinthians. O Alvinegro realizou o pagamento, que foi devolvido pelo volante -já tinha o objetivo de fechar com o Flamengo.

Caso o contrato com o Botafogo seja validado, a multa rescisória de Willian Arão para deixar o clube é de R$ 20 milhões. Sem clima, o jogador não ficará no Alvinegro, que estará aberto a um acordo para liberar o volante.

 

Fonte: Folhapress

Imprimir