Cidadeverde.com
Geral

"Ele acabou com a vida da nossa família", diz prima de Vanessa Carvalho

Imprimir

Fotos: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Visivelmente abalados, familiares e amigos da enfermeira Vanessa Carvalho, morta ontem(29) após um atropelamento, acompanharam a audiência de custódia do suspeito Pablo Henrique Campos Santos. Ele ficou preso preventivamente após o juiz levar em consideração a “gravidade concreta do crime”. 

Vanessa e a namorada de Pablo, Anuxa Alencar, atravessavam a rua quando ele teria jogado o carro para cima das duas, na madrugada deste domingo(29) na avenida Homero Castelo Branco, zona Leste, após um casamento. Vanessa morreu na hora e Anuxa está internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Clara Miranda, prima de Vanessa, relata o abalo da família. "Ele acabou com a nossa família. Minha tia está sem chão", disse a familiar. 

Outra prima de Vanessa, a funcionária pública, Jéssica Miranda relatou que Pablo não gostava da companhia das amigas e tinha histórico de brigas e ameaças contra a namorada Anuxa.

"Sempre que eles brigavam, a Anuxa procurava a Vanessa e mais duas amigas, elas saíam juntas. Ele não gostava delas por isso. No dia do casamento, a Vanessa chegou a falar com ele, disse 'rapaz, para quê isso', mas ele não queria elas juntas", contou.

O corpo de Vanessa Carvalho foi enterrado na manhã desta segunda-feira(30), depois de ter sido velado em uma funerária durante a tarde e a noite de ontem. 

Anuxa Alencar teve fratura do fêmur e traumatismo craniano leve. Ela continua internada no HUT onde fará tratamento conservador, ou seja, só com medicamentos sem necessidade de cirurgia. 


Valmir Macedo
valmirmacedo@cidadeverde.com

Imprimir