Cidadeverde.com
Geral

Morador queimado após vazamento de gás recebe alta: “Fui jogado pra longe”

Imprimir

Foto: Mayra Monteiro/TV Cidade Verde

Uma grande explosão deixou Bruno Thiago Oliveira, 30 anos, com queimaduras de 1° e 2° grau em quase 90% do corpo. Após 37 dias, ele já recebeu alta.

O acidente com Bruno aconteceu no apartamento dele, localizado no bairro Morada Nova, na manhã do dia 20 de julho. “Eu não sabia que meu apartamento estava com vazamento de gás. Quando acordei fui acender meu cigarro e logo vi o fogo subindo por baixo da porta e, em seguida, a explosão. Fui jogado pra longe e meu apartamento ficou totalmente destruído”, conta.

A força da explosão chegou a destruir as paredes do imóvel. 

Foto: Ascom HUT

No momento do acidente Bruno estava sozinho e foi socorrido por vizinhos. Seus dois filhos, uma menina de 6 anos e um menino de 3, e esposa tinham viajado de férias.

“Imaginei que fosse passar meses internado. Não tinha uma área do meu corpo que não estivesse queimada. Foram momentos de tensão e de muito sofrimento. Fiquei muito abalado com o que aconteceu. Não acreditava que iria conseguir me recuperar em pouco mais de mês”, comenta Bruno

Todo o tratamento foi feito no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) que possui uma unidade especializada no tratamento de queimados. 

Foto: Ascom HUT

Número de acidentes

Somente este ano foram atendidas 148 vítimas envolvendo queimaduras de média e alta complexidade. Foram 76 acidentes com substância quente, 48 com fogo, dois choques elétrico e 22 por outros tipos de queimaduras. Durante todo o ano de 2018 foram 229 atendimentos de vítimas de queimaduras.

Da Redação (Com informações da PMT)
redacao@cidadeverde.com

Imprimir